Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #315: A Cor de Coraline - Alexandre Rampazo

Título: A Cor de Coraline
Autor: Alexandre Rampazo
Editora: Rocco Pequenos Leitores
Edição: 1
ISBN: 9788562500763
Gênero: ficção infanto juvenil brasileira
Ano: 2017
Páginas: 32

Adquira seu exemplar aqui!

Avaliação: 



RESENHA


Sabe aqueles livros que são especialmente feitos para lermos para as nossas crianças? É o que acontece com "A Cor de Coraline", um livro infantil rico em ilustrações e com uma mensagem fundamental a construção de um cidadão consciente e sem preconceito.
A obra de Alexandre Rampazo (autor de mais de 50 títulos), nos traz um pequeno questionamento pertinente e corriqueiro em sala de aula; quando Caroline é questionada por Pedro com a seguinte pergunta: "Coraline, me empresta o lápis de cor de pele?", e a garota fica com cara de lagosta fitando Pedrinho, a pele dele, a sua própria pela e a caixa de lápis sem saber qual cor escolher. Afinal, há inúmeras cores de pele, então, qual escolher?

É a partir deste questionamento, que o livro se desdobra em vários exemplos de cores possíveis, nos mostrando que o universo é tão vasto e multicolorido que existem pessoas e coisas de todas as cores. Há cores de alienigenas, de peixes, rainhas, reis, a cor de Coraline e a cor do Pedrinho e cada uma delas podem viver uma com as outras em perfeita harmonia sem discriminação.  Certamente um livro simples, mas bem trabalhado, com uma gama de cores mostrando essa miscigenação que resulta em cores tão lindas de nossas peles.
Com uma edição caprichada em capa dura, "A Cor de Coraline" possui 32 páginas com muitas ilustrações que vão encantar e educar pequenos leitores para um mundo melhor e de mais respeito. Livro mais do que recomendado.



Até logo,
Pedro Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!