Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #300 Os Excluídos da História - Michelle Perrot


Título: Os Excluídos da História
Subtítulo: Operários, Mulheres e Prisioneiros
Autor: Michelle Perrot
Tradutor: Denise Bottmann
Editora: Paz & Terra
Edição
ISBN: 9788577533558
Gênero: Ensaios
Ano: 2017
Páginas: 362

Adquira seu exemplar aqui!
Adicione esse livro ao Skoob 

Avaliação:  



RESENHA


Lançado originalmente em 1988 e há tempo fora de catálogo, Os Excluídos da História volta às livrarias nacionais com uma reunião de artigos da historiadora, feminista e francesa Michelle Perrot, onde expõe. em análises. grupos sociais periféricos na França do século XIX. Com textos publicados em coletâneas diversas entre os anos 1970 e 1980 selecionados pela professora Maria Stella Martins Bresciani, que também assina a introdução.

Sabida as diversas origens dos textos, Michelle Perrot dividiu sua obra em três partes: Na primeira, Operários, composta por cinco artigos, somos inundados com muitas informações acerca da vida da classe operária, proletária, francesa da primeira metade do século XIX; o modo como os chefes são vistos por eles e o papel das mulheres na fábricas. Na segunda, Mulheres, composta de três artigos, ela aborda o papel da mulher e sua posição social enquanto dona de casa, rebelde, sindicalista e assalariada. Na última parte, Prisioneiros, Perrot se debruça sobre a questão penitenciaria. Retrata também os Apaches, grupo de jovens malandros dos subúrbios e sua rebeldia.

Fortemente embasado, a obra traz a cada fim de capítulo uma vasta gama de referências para que os leitores, leigos no assunto, possam se aprofundar mais nos estudos. Embora a autora ressalte a escassez de conteúdo (ao menos na época de seu lançamento), sobre os assuntos pesquisados por ela,  a mesma revela que isso não deve ser obstaculo para não irmos em frente em nossas pesquisas. 
A obra apresenta uma linguagem bem acadêmica e que pode afastar alguns leitores, no entanto, para àqueles que têm pesquisas na área e se interessam pelo assunto, o livro traz grandes reflexões sobre os excluídos do século XIX no contexto francês. E apesar do tempo, percebemos, durante a leitura, que muitas coisas ainda não estão totalmente resolvidas, os operários, as mulheres e os prisioneiros conquistaram muito nesses anos de luta, mais há muito o que correr em busca.
Como operário de uma empresa calçadista, e apesar de não estar inserido no contexto francês com a introdução de um maquinário desconhecido para os operários e totalmente novo, senti um pouco na pele o sofrimento e entendi as reivindicações em revoluções do proletariado daquela época. Ainda mais com um trabalho sem seguros trabalhistas conquistados paulatinamente ao longo dos anos. Certamente, Os Excluídos da História é uma coletânea interessante e muito esclarecedora.


Até logo,
Pedro Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!