Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #211: O Efeito Rosie - Graeme Simsion

Título: O Efeito Rosie
Série: Projeto Rosie #2
Autor: Graeme Simsion
Editora: Record
Tradutora: Ana Carolina Mesquita
Edição: 1
ISBN: 9788501106551
Gênero: Romance Estrangeiro
Ano: 2016
Páginas: 416
Adquira seu exemplar Aqui!
Adicione esse livro ao Skoob.

Avaliação: 





RESENHA



Desde que li O Projeto Rosie eu me apaixonei por tudo, desde a forma de escrever do autor até os personagens. Quando soube que iria lançar a sequencia de um dos meus livros favoritos fiquei esperando ansiosamente. Graeme Simsion finalizou O Projeto Rosie perfeitamente mas agora, Don terá que lidar com as surpresas que a vida ainda continua lhe dando, desde o casamento até os problemas dos amigos.
O Efeito Rosie marca a nova fase da vida do Don, que está casado com Rosie há 10 meses e morando em Nova York. A vida do casal está uma bagunça entre o trabalho e o projeto de doutorado da Rosie mas, de certo modo, os dois faziam acontecer desde uma alimentação padronizada até sexo sem estar marcado. Porém tudo muda quando Rosie descobre que está grávida. 

Pelo seu primogênito não ter sido planejado, Don não reage a princípio de uma forma conveniente, mas acaba aceitando que a vida tem suas surpresas não planejadas. E Don por ser Don, cria o Projeto Bebê, que tem como seu principal objetivo não estressar Rosie, o que é uma tarefa difícil. E a sua vida complica mais ainda quando Gene vai morar com eles em Nova York, depois de Claudia o ter expulsado de casa, uma parte de mim ficou feliz pela atitude de Claudia, ela realmente não merecia ter um homem desses em casa. E claro, Rosie não gostou muito da ideia.
Por mais que o livro seja no ponto de vista do Don, percebemos também o lado da Rosie. Enquanto era só Rosie e Don, tudo se encaixava perfeitamente, a rotina era maravilhosa porém com a nova vida se formando dentro de Rosie, as preocupações, o estresse, fez com que o casamento se desgastasse. Don por tentar demais acabava irritando Rosie, desde observar crianças no parque até ensinar aulas de parto. Rosie percebia que as atitudes de Don eram por ela e não pelo bebê e isso a fez ficar insegura sobre o quanto Don queria ser pai, o que me irritou um pouco, pois Rosie não tentava ver o ponto de vista do Don, ela já julgava o que era certo ou errado, o que ela queria, muitas vezes sendo egoísta e acho que não era o instinto materno falando. 

Para mim O Efeito Rosie mostra pessoas reais, com problemas reais, e como cada uma delas vê o mundo de forma diferente. Don às vezes quer que os outros vejam da mesma maneira que ele, principalmente a Rosie, mas com as consequências das atitudes dele, Don percebe que não é só ele que vai sofrer com aquilo, as outras pessoas também. Na vida sempre irá ter pessoas que vão nos magoar, colocar empecilhos nos nossos sonhos, dizer como devemos agir e viver. Por mais que doa, no fim de tudo, aprendemos com aquilo para não cometermos os mesmos erros e acho que Don depois de muito tropeçar acaba aprendendo.
Sou suspeita em falar sobre esse livro porque o primeiro é um dos meus livros favoritos e esse eu já li com certas expectativas e superou o que eu esperava. O Efeito Rosie tem uma narrativa irônica, ácida e algumas vezes genuína. Recomendo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!