Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
7

Resenha #158: O Céu Noturno em Minha Mente - Sarah Hammond

Lido em: Abril de 2016
Título: O Céu Noturno em Minha Mente
Autor: Sarah Hammond
Editora: Galera Júnior
Edição: 1
ISBN: 9788501104496
Gênero: Infanto Juvenil
Ano: 2016
Páginas: 288

Adicione esse livro ao Skoob


Avaliação:




RESENHA


Mikey é um jovem de 14 anos de idade, filho único e dono de um cachorrinho chamado Timmer. Ele sofreu um trauma quando era menor, porém, a única coisa que ele sabe sobre esse incidente é que deixou em sua nunca uma cicatriz que às vezes dói. Além da cicatriz, o Mikey passou a ter dificuldades em se relacionar com outras pessoa. A insegurança tomou conta dele, o que o tornou um garoto solitário e fechado em si mesmo.


No entanto, Mikey busca tentar mudar esse quadro solitário e nisso ele acaba confiando demais nas pessoas que se mostram ser "parceiras", a partir de um momento forte, de encontro com a morte, ele vai conhecer Ralph, um homem que mostra ser bem amigo do garoto. Fora esse homem, Mikey conhece a jovem Meg e o seu avô fazendeiro.

Um detalhe permeia a vida do garoto e que a mãe sempre evita falar: o sumiço do seu pai. Mikey sabe que ele está na cadeia, mas não entende quais motivos o levaram até lá. Sombras do passado assombram o jovem e serão elas que retornaram a atormentá-lo em sua busca por respostas. Será mesmo que Mikey deve confiar em todo mundo? Essas sombras e lapsos de memória são reais?

Em uma narrativa ágil e de fácil compreensão, Sarah Hammond traz uma história simples com um toque especial de sobrenatural. Ela constrói seu livro de uma forma linear, porém, esses lapsos de memória se interligam com a narrativa que se segue. O que pode desagradar um pouco são as frases muito curtas e que truncam um pouco a narrativa pela quantidade em demasia de pontos em um único parágrafo.



Um livro juvenil, mas que engana um pouco pela idade do personagem, de 14 anos que aparenta ter 10. Ela, a autora, poderia muito bem ter posto uma idade menor. Mas ao analisar bem o enredo, entendemos os traumas do Mikey e o que fica é um garoto com dificuldades em ser aceito, com medo de não ter amigos, que se deixa influência por qualquer resquício de amizade que possa surgir (se submetendo até a situações constrangedoras) e principalmente com sede de companhia. Ele é muito minucioso na hora de falar sobre seu interior e sabe ser impulsivo quando é desnecessário.

Outro ponto é que a mãe do garoto em grande parte do livro é bem ausente, ela pouco aparece e sempre se mostrar mais como uma amiga do que propriamente mãe. Ela trata ele como uma criança, e em outro momento fica de boa quando ele fala ter ingerido bebida alcoólica.

O Céu Noturno em Minha Mente é um bom juvenil e recomendo a leitura para leitores de todas as idades que estejam abertos a uma história de entretenimento com um pouco suspense no ar e um leve toque de sobrenatural.

7 comentários:

  1. Gostei da premissa do livro, a história é bacana, achei que o livro era infantil mas parece que me enganei, achei muito interessante a habilidade do garoto e seu companheirismo com seu cachorro, além do mistério que envolve sua paternidade, gosto de livros com ponto de vista infantil, pois sempre é uma leitura mais ingenua, espero conferir logo a obra que é linda

    ResponderExcluir
  2. Da pra perceber pela sua resenha como a desestrutura familiar que esse garoto presencia faz com que ele tenha receio de se aproximar, e de associar com essas pessoas, por causa desse abandono afetivo, ao meu ver a autora quis de certa aborda esse tema de uma maneira mais sutil. Adorei a premissa do livro, no entanto fiquei com um receio de ler o livro pelo fato de ter um toque sobrenatural, o que não costumo gostar muito.

    ResponderExcluir
  3. O enredo parece ser bem bacana . E mostrar o medo e a dificuldade de relacionamento de Mikey, é muito interessante,pois, inúmeras pessoas passam por esse medo (sem o toque sobrenatural) no início da adolescência(14 anos) ! Achei a capa bem fofa!

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ter um pouco de cada gênero e gosto de livros assim, são completos e agrada a maioria. E adoro livros com cachorros. E se tem o ritmo ágil e não enrola no fina,l, melhor ainda. Detesto livros onde ficam mostrando a vida dos personagens depois que tudo se resolve.

    ResponderExcluir
  5. Oi Pedro, tudo bem?
    Depois da sua resenha mudei um pouco minha opinião sobre o livro, inclusive minha vontade de lê-lo diminuiu. Esperava outra tipo de enredo para a obra. Quem sabe futuramente eu leia a obra, mas com cautela pois acredito que não gostarei muito desse protagonista.

    ResponderExcluir
  6. Eu até tinha colocado esse livro na minha lista, pois tinha gostado da premissa e da capa(sim, eu gosto de escolher livros pela capa kk), mas depois da sua resenha acho que vou reconsiderar. Eu entendo o drama que a autora colocou na história e em cima do personagem do Mikey, mas não acho necessário ele aparentar ter 10 anos :/, e que mãe é essa que não briga com seu filho de 14 anos ao descobrir que tá bebendo? Sério isso?
    Acho que a única coisa que eu gostei de fato foi como a narrativa foi feita, intercalando com os lapsos de memória.
    Enfim, acho que é uma leitura válida para passar o tempo, mas não pretendo mais lê-lo! Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Olá Pedro tudo bem?
    A história desse livro me pareceu bem interessantes, quero dizer é um livro que eu gostaria de ler, mas já tive tantas decepções com infanto juvenis. Os autores sempre tem uma premissa muito boa, com histórias que perecem ser um pouco densas e te atribuir algum pensamento legal sobre a vida, mas muitas das vezes a história não consegue ir tão a fundo e se torna superficial. O Céu Noturno em Minha Mente já me chamou atenção pelo título e a sua resenha me deixou curioso quanto a história, apesar de ter dado 3 estrelas, se algum dia tiver a oportunidade de lê-lo, lerei.

    Abraços, Carlos.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!