Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #306: Repeteco - Bryan Lee O'Malley

Título: Repeteco
Título original: Seconds
AutorBryan Lee O'Malley
Editora: Quadrinhos na Cia.
Tradução: Érico Assis
ISBN: 9788535928129
Gênero: Quadrinhos
Edição: 1° (2016)
Páginas: 336

Compare e adquira seu exemplar aqui!
Adicione esse livro ao Skoob.

Avaliação:  



RESENHA


O cartunista canadense Bryan Lee O'Malley ficou conhecido mundialmente por Scott Pilgrim, uma série de HQs rica em elementos do universo geek e nerd e que recebeu uma adaptação cinematográfica em 2010 com Michael Cera no papel principal. No final de 2016, a Quadrinhos na Cia. trouxe o mais recente trabalho do autor: Repeteco, um quadrinho divertido e bem diferente do trabalho anterior do quadrinista.

Em Repeteco, vamos conhecer uma protagonista feminina. O seu nome é Katie. Ela trabalha como chefe de cozinha no Repeteco, um restaurante inaugurado por ela em parceria com alguns amigos há quatro anos, onde Raymond (coproprietário do Repeteco) e seu namorado entraram com a grana. Mesmo quatro anos depois dessa inauguração, o restaurante ainda continuava bom, mas para Katie, já não era a mesma coisa. Ela tinha dado o sabor ao estabelecimento por esses anos, criara uma cara para os pratos e se dedicara muito. Porém, envelhecer quatro anos a fez sentir que deveria criar asas e ir atrás do seu próprio negocio, já que no restaurante, ela era apenas a Chefe de Cozinha. 

Katie tem 29 anos, ainda sente uma queda por Max, seu ex-namorado, tem um relacionamento casual as escondidas com o chefe substituto dela, e inúmeros sonhos para o "Katie's", nome do seu novo empreendimento em parceria com seu novo sócio, Arthur, em um prédio antigo e carcomido que precisa urgentemente de muitos reparos. O que ela não esperava era uma onda de azar, onde uma das garçonetes se queima, seu ex aparece para mexer com seus sentimentos, a reforma parece não ir bem, e uma misteriosa garota aparece com a possibilidade de proporcionar uma segunda chance a Katie de fazer as coisas de uma forma diferente. Ela precisa ter cautela.
Ketie recebe uma segunda chance, e a grande mensagem por trás de Repeteco está inserida nessa questão. Uma vez que ela tem a oportunidade de poder fazer tudo de novo de uma forma (que acha ser a devida) traz outras perspectivas sobre as nossas escolhas. Até que ponto eu mudando algo que a principio deu errado, no futuro, dará certo? Será mesmo que tudo vai ficar milimetricamente perfeito no ponto que nós queremos? Será mesmo necessário que tudo na vida ocorra como um trem nos trilhos? Às vezes a resposta é não, porque uma alteração no passado pode causar grandes estragos no futuro. Uma espécie de efeito borboleta.
Se você leu Scott Pilgrim, gostou e ainda não leu Repeteco, está perdendo a oportunidade de conhecer um trabalho mais maduro do autor que certamente lhe agradará. O traço do cartunista continua trazendo os elementos marcantes: olhos e cabeças grandes para um corpo pequeno. O que dá até uma certa cara infantil as personagem, tanto é que parecem crianças e isso deixa um ar fofo no desenho que somado as cores dão mais vida a narrativa.

Pontos interessantes da obra são: trazer personagem feminina como protagonista. Dessa forma, o autor conseguiu representar uma personagem forte e independente. No início ela é um pouco egoísta, mas que como todo ser humano, vai aprendendo aos poucos. Bryan Lee O'Malley também traz representatividade LGBT ao colocar um personagem gay, casado e com uma filha. 
Repeteco é um quadrinho muito divertido e com grandes reviravoltas. Uma história para se ler junto às cobertas, num dia frio (de preferência). O único ponto negativo, é que, como todas as HQs, tendemos sempre a acabá-las rapidamente devido a rapidez de leitura do gênero. Mas é uma leitura recomendada a todos os públicos.


Até logo, 
Pedro Silva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!