Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #278: O Bosque Subterrâneo - Colin Meloy


Título: O Bosque Subterrâneo
Autor: Colin Meloy
Título original: Wildwood 2
Ilustrações: Carson Ellis
Série: Crônicas de Wildwood # 2
Tradução:
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501095077
Gênero: Ficção infanto-juvenil
Edição: 1°
Ano: 2016
Páginas: 432
Compare e adquira seu exemplar aqui!
Adicione esse livro ao Skoob.

Avaliação:  


Resenha


O Bosque Subterrâneo é o segundo volume da série As Crônicas de Wildwood, lançado pela Editora Galera Record aqui no Brasil e que que é considerado um livro infanto-juvenil, apesar de ter quase 500 páginas e apenas algumas poucas imagens.
O primeiro livro conta a história de Prue McKell, uma garota que foi obrigada a entrar em uma Floresta Impassável - como o próprio nome já diz, é um lugar onde ninguém nunca entrou e os que entraram nunca mais voltaram para contar a história - depois que um bando de corvos estranhos sequestraram o seu irmão mais novo. Apesar de todas as lendas histórias e lendas que cercam o lugar, ela e seu amigo Curtis, conseguem ir e resgatar o irmão de Prue.

Já no segundo livro, vemos uma Prue que foi jogada de volta a uma vida monótona e sem graça, obrigada a frequentar a escola e continuar vivendo tudo como era antes, Prue não consegue se readaptar e só pensa na floresta e em todas as aventuras que viveu. Seu amigo Curtis continua na floresta e agora treina para ser um grande ladrão. Tudo começa a fugir do controle quando, na Floresta, começam a aparecer boatos de que alguém foi enviado para matar Prue e é ai que Curtis e outros moradores da floresta saem em busca de trazer a menina de volta, onde ela vai estar segura.
Outras histórias paralelas permeiam a trama principal, deixando tudo ainda mais misterioso e intrigante. 
Apesar de não ter lido o primeiro livro da série (Atenção Editora Galera Record, aceito presentes), isso não foi um problema tão grande, já que os livros podem sim ser lidos separadamente, no entanto, é claro que fica faltando alguma coisa, algumas pontas que ficam meio soltas com a ausência do primeiro livro. 

Os personagens são maravilhosos, muito engraçados e bem sarcásticos, o que deixa o livro bem divertido, leve e muito gostoso de se ler, o autor cumpriu muito bem a missão de prender o leitor à trama, intercalando cenas mais leves a momentos mais aventureiros e com bastante ação. 

A diagramação ficou maravilhosa, a capa desse livro é muito linda e faz muitas referências ao enredo do livro. Além disso, a diagramação interna também ficou ótima, a fonte, as páginas e as imagens contribuem demais para a fluidez do livro.

Uma aventura leve e incrível que deve sim ser lida por todos.


Resenhado por:
Maria Clara Donato


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!