Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #235: A História da Família de Anne Frank - Mirjam Pressler

Título: A História da Família de Anne Frank
Autor: Mirjam Pressler
Editora: Record
Edição: 1
ISBN: 9788501097385
Gênero: Memórias / Biográfia
Ano: 2016
Páginas: 406
Adquira seu exemplar Aqui!
Adicione esse livro ao Skoob:

Avaliação:  



RESENHA


“O Diário de Anne Frank”, é uma das principais obras consagradas no século XX, emocionando leitores pelo mundo inteiro desde sua publicação. Seu diário narra os anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã, antes do fim.
Um maço de cartas foi encontrado na casa de Buddy Elias, primo de Anne Frank, assim como documentos e fotos, com grande significado para a história da família Frank. Os documentos foram organizados e editados pela esposa de Buddy, Gerti Elias. O livro conta com a colaboração de Mirjam Presler, que narra os acontecimentos, contextualizando as cartas e para quem não sabe, foi ela a responsável por organizar o livro "O Diário de Anne Frank"

O livro é rico em material, e conta com trechos das cartas encontradas, e fotos e uma árvore genealógica da família Frank. E nos mostra desde a infância a avó de Anne, até as gerações futuras.
Com as cartas de Alice Frank, podemos ter noção não só da história da família, mas também da história dos judeus. Como toda a família Frank precisou se separar para se manter a salvo, em relatos emocionantes. 

A partir da perspectiva da família Frank, conhecemos um pouco mais da própria Anne, com relatos de seu pai, sobre a publicação do diário, assim como a produção da peça teatral e filme. A repercussão que o diário de Anne teve, e a história além do seu diário. 
“Eu não conhecia a minha filha até ler os seus diários. Isto me dói. Eu nunca a conheci realmente. Sim, agora estou convencido de que foi acertado publicar seu diário. E não sou o único.” Otto Frank
Através dessa obra, conseguimos ir além do que a pequena Anne nos conta em seu relato, sendo assim, um complemento muito enriquecedor para aqueles que buscam conhecer o que se passou por fora e antes do cativeiro. E claro, temos uma linha cronologia dos parentes dela. 
O livro é um importante registro histórico, e cheio de detalhes. Quem se emocionou com o Diário de Anne Frank não pode deixar de ler esse livro. A edição da Editora Record está caprichada, com folhas amareladas, fonte média, com árvore genealógica e boa quantidade de fotos da família Frank. 

Até mais, 
Elidiane Galdino


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!