Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #230: A Garota do Calendário: Maio - Audrey Carlan

Título: A Garota do Calendário - Maio
Autor: Audrey Carlan
Tradução: Andréia Barboza
Editora: Verus Editora
Edição: 1°
ISBN: 9788576865261
Gênero: Romance estrangeiro / Romance Erótico
Ano: 2016
Páginas: 144

Compare e adquira seu exemplar AQUI!
Adicione esse livro ao Skoob.

Avaliação: 




RESENHA


No mês de Maio ao invés de ser uma acompanhante Mia é contratada para passar um mês no Havaí trabalhando como modelo de biquíni para uma coleção criada por um italiano para mulheres curvilíneas.
É claro que nesse novo trabalho ela encontra mais um pedaço de mau caminho, Tai Niko, um nativo que será seu colega de trabalho. Tai é moreno, alto, tatuado, e mais quente que o próprio inferno, ou seja, a distração perfeita que Mia está precisando.
"Abdome não, quadradinhos de luxúria. Cada gomo me fazia cobiçá-lo. Eu queria lamber e morder cada centímetro daquele tronco, com tatuagens e tudo... Especialmente por causa das tatuagens."
Entre sessões de fotos e sexo quente com Tai, Mia vai curtir alguns momentos com sua irmã Mads e sua amiga Gia no Havaí. Nesse mês Mia vai aprender a apreciar o verdadeiro valor da família e da amizade.
        
Maio é o mês de sexo selvagem e praias paradisíacas, além de claro, Mia ter a companhia de Mads e Gin. Assim como Abril, o quinto livro da série foi bem leve e divertido.

Mia continua mantendo contato com Wes *pausa para suspiro*, que por sinal, está aproveitando a vida tanto quanto Mia, mas não podemos culpa-lo, né? A Mia praticamente se assanha para qualquer homem bonito que esteja disposto, e é por isso que as vezes seus ciúmes e atitude em relação ao Wes me irrita um pouco, pois ela fica com ciúmes por ele estar com outra pessoa, praticamente quer que ele se guarde para ela enquanto que ela curte com quase todos os caras dispostos que encontra.
Estou chegando a metade da série, e até o momento a autora conseguiu manter as coisas interessantes, divertidas e quente, muito quente, só espero que ela consiga manter isso até o final da série. Por mais que eu quisesse falar mais, acontece que as obras são curtíssimas e não quero entregar mais do que devo.

Resenhado por,
Sharon Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!