Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #215: Canibal Vegetariano - Gabriel Pardal

Título: Canibal Vegetariano
Autor: Gabriel Pardal
Editora: Fabrica 231
Edição: 1
ISBN: 978-85-68432-59-4
Gênero: Arte Moderna / Ilustrações / Coletânea
Ano: 2016
Páginas: 144
Adquira seu exemplar Aqui
Adicione esse livro ao Skoob

Avaliação: 



RESENHA


Canibal Vegetariano é o terceiro livro do baiano Gabriel Pardal. O escritor, ator, ilustrador é um artista que trabalha com inúmeras linguagens e plataformas de publicação, como a rede social Instagram. E mantem, desde 2011 o site ORNITORRINCO. Alguns dos desenhos já foram publicados em sua página do Instagram.
Neste livro, o autor trabalha com imagens e textos curtos com a presença de descontração, trocadilhos, ironia e assuntos de nossa contemporaneidade, do tipo crises existenciais, motivos de fazermos as coisas, amores expressos, peculiaridades de relacionamentos, entre outros

São textos que o autor teve o trabalho de escrever primeiramente a mão, e que posteriormente transformou em ilustrações. Realmente nos leva a reflexão e nos deixam abismados com a profundidade de algumas questões apresentadas ao longo dos pequenos textos que as imagens carregam, do tipo "Ah desemprego! Que momento! Ter tempo para tudo e dinheiro para nada.", quem nunca se deparou com uma situação do tipo? ou aquele relacionamento que só não deu certo porquê: "Eu passaria todo o meu tempo contigo. Se você tivesse escolhido passar todo o seu tempo comigo.". E quando simplesmente nos deparamos com situações que queremos apenas dizer "EMFIM FODA-SE", e nos desolamos com a frase "hahaha, um dia nós vamos morrer".
Gabriel Pardal traduz em algumas situações do cotidiano de forma irônica e divertida. "O problema das festas são as pessoas.", e brinca com a própria profissão "Deus, não me deixa ser um artista".

Foi uma grata surpresa conhecer o trabalho desse artista e passei a acompanha-lo em suas redes sociais. Com toda certeza, é um livro que a gente passar a ler e reler ao longo da vida e as frases vão cada vez mais sendo traduzidas de formas diferentes. O bacana é que rimos e nos identificamos com o que está escrito. Também pode ser ótimo como uma fonte para aqueles momentos em que estamos sem um pingo de criatividade.
 
O trabalho da Fabrica 231 está lindo. A capa é cheia de rascunhos de desenhos, e o livro é no formato 1x1, o mesmo do Instagram para fotos quadradas. Não há numeração e as páginas são em cor branca, o que é melhor no caso de ilustrações.

Até logo,
Pedro Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!