Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #214: A Garota do Calendário: Abril- Audrey Carlan

Título: Abril
Série: A Garota do Calendário #4
Autor: Audrey Carlan
Editora: Verus
Tradutora: Andréia Barboza
Edição: 1
ISBN: 9788576865193
Gênero: Romance Estrangeiro / Romance Erótico
Ano: 2016
Páginas: 160
Adquira seu exemplar Aqui
Adicione esse livro ao Skoob

Avaliação: 



RESENHA


No mês de abril Mia irá para Boston e seu novo cliente é Mason Murphy, um arrogante astro do beisebol, e um jogador, e assim como um bom jogador, Mason adora bebedeiras e mulheres, e a mistura dos dois sempre termina em problemas. Com objetivo de limpar sua imagem para conseguir patrocinadores ele contrata Mia para se passar por sua namorada e ajudá-lo a melhorar sua imagem.
Mia é uma grande fã de beisebol, uma boa cerveja, e claro, de um belo homem sexy. Já que não conseguiu qualquer ação no mês passado, Mia está esperando que esse mês seja diferente, e vai ser, mas não do jeito que ela espera, pois dessa vez ela vai ter que bancar a cupido e ajudar Rachel, a assessora de Mason, a se aproximar dele e abrir os olhos do famigerado mulherengo que ele é.
"– Meu bem, você não sabe que eu sempre jogo pra ganhar?"
Esse livro foi divertido, a Mia fez um bom trabalho... como cupido. E tivemos uma visita inesperada de Wes – pausa para suspiro – e claro, conhecemos o Mason, que não é apenas o babaca que parece ser, na verdade ele é um bom homem debaixo de todos aqueles músculos e atitudes arrogantes.
A cada livro conhecemos um pouco mais a Mia e também a cada cliente novo podemos ver algumas mudanças nela, digamos que Mia está evoluindo e aprendendo muito a cada mês que passa com seus clientes, que pelo visto vão tornar sua vida pelos próximos meses em um turbilhão de atividades, sentimentos e experiências.
Assim como os outros livros a narrativa é bem fluida, Audrey Carlan não se aprofunda muito nos fatos da história, o que torna a leitura mais fácil e a leitura mais rápida. Além de claro, o livro ser bem curto, e devido a isso não posso falar muito aqui ou acabo contando o livro todo, então para evitar spoilers vou parar por aqui. E que venha Maio!

Resenhado por:
Sharon Alves



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!