Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #205: Achados & Perdidos - Brooke Davis

Título: Achados & Perdidos
Autor:  Brooke Davis
Editora: Record
Tradutor: Ana Carolina Mesquita
Edição: 1
ISBN: 9788501106926
Gênero: Romance / Ficção
Ano: 2016
Páginas: 252
Adquira seu exemplar Aqui!
Adicione esse livro ao Skoob.

Avaliação: 




RESENHA


Olá pessoal. Espero que vocês estejam bem. Hoje venho falar pra vocês um pouco do novo queridinho lançado pela Editora Record agora no segundo semestre. A obra da australiana Brooke Davis já vem conquistando várias lágrimas e risadas por ai e foi uma das minhas últimas leituras do mês de agosto.
Então, o livro conta a história de Millie Bird, uma garota de sete anos que acabou de ser abandonada por sua mãe em uma loja. Mesmo com tão pouca idade, Millie não é uma criança como outra qualquer, desde de pequena ela já tem consciência de que um dia todos nós vamos morrer e, por isso, ela tem uma lista de todas as coisas mortas que ela já viu, inclusive seu pai. Além de saber que todos vamos morrer, ela também sabe que todos vão embora, mas, mesmo assim ela tem esperanças de que sua mãe volte. 
É no meio de toda essa confusão que o destino dela se cruza com o de Karl, o digitador, Aghata Pantha e Manny, o manequim. Junto com um velhinho maluco, uma senhora rabugenta e um manequim, Millie vai sair por ai em busca de sua mãe para que tudo volte ao normal.

Apesar de uma premissa bastante exótica e atrativa, devo confessar que fiquei meio decepcionada com o livro algo relacionado à escrita da autora e ao próprio enredo do livro acabou por não funcionar tão bem, fazendo com que a leitura seja um tanto quanto cansativa. Além disso, a narrativa é um pouco confusa e diferente daquilo que eu estava habituada, sendo assim, a leitura transcorreu ainda mais lenta do que eu imaginava. De qualquer forma, o livro é bastante intrigante, bem mais profundo do que eu julguei que fosse. Todos os personagens tem uma certa complexidade e uma rede de acontecimentos anteriores que acabou influenciando a atual personalidade deles. Uma história vendida por YA, mas que não deve ser lida por qualquer um. Gostei bastante da construção de cada personagem e da maneira como a história deles me foi apresentada, a autora também ganhou muitos pontos ao colocar no enredo coisas tão aleatórias, mas que funcionaram bem juntas.
A capa dessa edição ficou muito fofa, eu fiquei apaixonada pelos detalhes, tanto internos como os externos. A Editora Record caprichou bastante nos detalhes e na revisão, não me lembro de ter notado nenhum erro muito aparente. O livro é dividido em capítulos, cada um narrado em terceira pessoa, mas com foco em um dos personagens, sempre misturando os eventos presentes com os do passado, mas sem deixar de associá-los, muitas vezes de maneira implícita.

No geral, o livro é bem interessante e muito mais profundo do que eu julguei que fosse, me deixou com um nó no peito em diversos momentos e só pecou um pouco em algumas partes que ficaram um tanto confusas. Fica a dica pra vocês, espero que tenham gostado e não deixem de me contar nos comentários o que vocês acharam dele.

Resenhado por: 
Maria Clara Donato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!