Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #190: Yakuba - Thierry Dedieu



Lido em: Junho de 2016
Título: Yakuba
Autor: Thierry Dedieu
Editora: Galera Júnior
Edição: 1
ISBN: 9788501101839
Gênero:Infanto-juvenil
Ano: 2016
Páginas: 40


Avaliação:



Resenha:

Yakuba é um jovem e está prestes a se tornar um guerreiro. Na tribo onde vive, porém, para ser reconhecido como tal, é necessário demonstrar sua coragem indo sozinho à savana, e voltar de lá apenas quando enfrentar um leão. Nosso protagonista parte, então, na busca incessante de seu inimigo. Sob o sol escaldante, Yakuba caminha, até que avista ao longe seu oponente. Entretanto, algo inesperado acontece: Yakuba encontra o leão ferido, deitado nas sobras de uma árvore.

É neste ponto que a estória apresenta seu clímax. Diante de tal fato, caberá a nosso personagem principal (e talvez o único, se desconsiderarmos o narrador e o leão) decidir seu próprio futuro. Matar o leão e ganhar o respeito de sua tribo ou poupar-lhe a vida e se tornar homem perante seus próprios olhos? 

Imagens retiradas da internet
Thierry Dedieu consegue ser objetivo e ao mesmo tempo emblemático. A construção da personalidade de Yakuba, embora que feita de forma parcial e totalmente rápida, gera no leitor uma sensação de familiaridade. A expectativa criada para sabermos a decisão tomada é inevitável: somos impulsionados a devorar as páginas seguintes e, quando nos damos conta, o livro já acabou.

A edição da Galera Júnior está impecável. O livro apresenta um tamanho diferenciado, sendo maior do que o habitual. Considero que tal dimensão tenha como intuito tornar as ilustrações mais vivas e a experiência com o exemplar mais agradável. Embora curto (sim, o livro apresenta apenas 40 páginas), Yakuba nos transporta para as tribos africanas e todo este cenário "primitivo", mas ao mesmo tempo amplamente cultural, que tais organizações sociais podem oferecer.


Além de possuir um enredo singelo, com um ponto alto totalmente definido e um desfecho singular, a obra consegue ser acessível e de fácil compreensão, tornando-se recomendada não apenas para adultos, mas também para adolescentes e até mesmo crianças. 

Não revelarei, por motivos óbvios, a escolha de Yakuba. Recomendo, entretanto, que todos vocês, leitores, deem uma chance ao livro e desfrutem, assim como eu, desta maravilhosa leitura. Perca-se (ou se encontre) nas misteriosas e perigosas savanas africanas.


Até logo,
Sérgio H.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!