Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
0

Resenha #189: Os Bons Segredos - Sarah Dessen

Título:  Os Bons Segredo
Autor:   Sarah Dessen
Tradutor: Cristian Clemente
Editora: Seguinte
Edição: 1
ISBN: 9788565765763
Gênero:  Jovem Adulto (YA)
Ano: 2015
Páginas: 408

Adicione esse livro ao Skoob



Avaliação: 




RESENHA


A autora americana Sarah Dessen é tida por muitos como a rainha do gênero Jovem Adulto (YA) com mais de 7 milhões de exemplares vendidos no mundo. Por esses dados, algo de especial tem nos livros dessa mulher que fazem com que sejam tão bem vendidos.
Em Os Bons Segredos acompanharemos Sydney, uma jovem de 17 anos que sempre viveu à sombra do único irmão mais velho Peyton. Após uma serie de infrações cometidas por Peyton, ele está preso, cumprindo pena por dirigir bêbado e ter atropelado um garoto em plena madrugada, deixando o menino de cadeiras de rodas. Mas quem se culpa mesmo por todas as burradas do irmão é Sydney, a filha mais nova que se torna o projeto dos pais para evitar que o mesmo fim aconteça com ela. Sendo assim, a garota acaba sendo afetada pelos erros do irmão e o pior, sua mãe ama tanto o primogênito que se esquece das necessidades da filha para cuidar de Peyton obsessivamente, mesmo ele sendo culpado de seus erros. É como se ela, como mãe, não conseguisse enxergar que o filho sempre esteve do lado errado, já o pai é a figura que não se intromete tanto nesse assunto para evitar grandes discussões.

Como a família gastou muito em processos e advogados, a garota decide mudar de escola para diminuir os gastos e claro, conhecer pessoas novas. O que logo acontece, e a personagem passa a se envolver com os Chatham, uma família que possui uma pizzaria comandada pelo Sr. Chatham e que assim como a sua, carrega suas magoas: A Sra. Chatham que sofre de uma doença grave,  Layla, que é louca por batata frita e se torna uma boa amiga, Rosie (patinadora) a mais velha e que foi pega usando drogas e o irmão Mac, o jovem que nota a presença de Sidney na pizzaria.

A Sidney é uma personagem que a principio aceita tudo o que os pais projetam em cima dela, questionando, mas sem interferir. Ao longo do romance, vamos acompanhando a evolução da personagem de forma gradativa, até explodir nas páginas finais. Através desse ritmo, tudo passa a ser plausível, fazendo do livro algo envolvente e de fácil identificação.
Outro quesito positivo no livor da Sarah Dessen é que, apesar de se ter, o romance é só um detalhe em meio aos problemas familiares que acompanhamos, ficando longe de ser aquele livro em que as lutas dos personagens são o amor de um pelo outro. As preocupações estão mais com amizades verdadeiras, busca por aceitação e acima de tudo, o perdão pelos erros cometidos (mesmo que não tenha sido você, diretamente, o culpado).

Os Bons Segredos possui uma narrativa simples em primeira pessoa, mas que ganha destaque pelo diferencial de seu enredo. O final pode até parecer aberto, mas da forma que a autora deixou, fica evidente que ela não quis dizer tudo, na verdade ela quis deixar o leitor pensando nos passos seguintes da Sydney e de sua evolução como pessoa, algo que todos nós iremos passar um dia.

A edição da editora Seguinte está primorosa. A fonte é grande e com um ótimo espaçamento, tudo isso em folhas amareladas que torna a leitura extremamente agradável (e sem erros de revisão). Já as ilustrações da capa e o título, a partir de um determinado momento, fazem todo o sentindo, e é até lindo. Vale à pena conhecer essa história; Ah, e se você ficar com vontade de comer uma pizza, saiba que não és a única pessoa. 

Até logo,
Pedro Silva 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!