Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
6

{Novidade}: A definição do amor - Jorge Reis-Sá

Olá, pessoal!


Qual foi o último livro de literatura portuguesa que você leu?
Recebi recentemente um e-mail da Lara, responsável pelo marketing da editora Alaúde contendo essa pergunta. Assim que li, pensei nos inúmeros autores portugueses de renome e famosos que há por aí, e achava que seria fácil responder a pergunta. Engano meu. Fiquei pensando por alguns minutos qual foi minha última leitura que se enquadrava na questão e acabei tendo que consultar o velho Skoob para isso. É, faz um bom tempo que não leio um autor português, o último deles foi o clássico Poemas Completos de Alberto Caeiro, do Fernando Pessoa, que aliás gostei bastante.

Mas, para a minha e a nossa alegria, a Tordesilhas está com um lançamento imperdível do escritor português contemporâneo, Jorge Reis-Sá. Trata-se da obra A definição do amor, romance que fala sobre relações familiares, amor, morte e luto.

Confira a sinopse:


Numa pequena cidade portuguesa, Susana sofre um AVC. Os médicos decretam sua morte cerebral ao mesmo tempo que anunciam sua gravidez de doze semanas – causa provável do acidente vascular. Francisco, o marido, começa então o diário do seu luto, que vai de maio a outubro, porque decidem não interromper a gestação. Francisco falará então do que é viver a morte anunciada, com todas as circunstâncias que o levaram até ali e que diariamente tem de enfrentar. Entre cada um dos meses, uma véspera se anuncia. Cada uma delas é composta por uma carta, cujo conjunto percorre trinta anos da vida de pessoas ligadas intimamente ao casal e vai explicar muito do que agora se passa. 

Sobre Jorge Reis-Sá 


Jorge Reis-Sá nasceu em Vila Nova de Famalicão, uma pequena cidade no norte de Portugal, em 1977. Entre 1999 e 2009, fundou e dirigiu aQuasi Edições, e foi diretor editorial da Babel de 2010 a 2013. Sua extensa obra de poesia está reunida no volume Instituto de Antropologia – Todos os poemas (Glaciar, 2013). Publicou também os livros de contos Por ser preciso (Cosmorama, 2004) e Terra (Sextante Editora, 2007), além de volumes de crônicas e dos romances Todos os dias (Record, 2007) e O Dom (Record, 2009).

O que disse a crítica?


"Jorge Reis-Sá consegue, com este livro, tudo aquilo a que se propôs." – António Lobo Antunes

“Vincadamente expressivo, este livro não pode deixar de se implantar na memória de quem o lê.” – Luísa Mellid-Franco, Expresso

“Poucos autores conseguem inventar um mundo tão único e particular como este em que Jorge Reis-Sá nos coloca.” – Carlos Alberto Riccelli

"Depois de "Todos os dias" – comovente romance que tem como protagonista a casa onde soam as diferentes vozes de seus moradores –, o novo livro de Jorge Reis-Sá, "A definição do amor", também é um retrato emocionante, para não dizer tristíssimo, de uma família. Se invariavelmente é um diário de luto, de uma lenta despedida, o diário acompanha também o desenvolvimento do bebê que cresce ali, naquela mesma cama de hospital." – Alice Sant'Anna.

“Toda viagem de Jorge Reis Sá é uma espécie de resgate de uma memória e de uma emoçāo que é de todos nós. Com suas palavras nos transporta para um tempo que carregamos dentro e com ele vamos redescobrir delicadezas perdidas.” – Bruna Lombardi


Me pareceu um livro bem sensível e reflexivo, o que me agrada muito e a capa está um encanto. Não vejo a hora de lê-lo. E você, o que achou?

Até mais,
Pedro Silva

6 comentários:

  1. Pra falar a verdade, acho que nunca li sequer um livro da literatura portuguesa. Porque não começar com este?
    Acheo que o livro tem uma história bem emocionante. Fiquei ansioso para lê-lo!

    ResponderExcluir
  2. Meu God! Concerteza é um livro incrível.... A capa é tão simples e nos conquista assim que a vemos! Pensando seriamente em colocá-lo na minha lista.....

    ResponderExcluir
  3. Faz tempo que não leio nada de um autor português, como você o último que eu li foi de Fernando Pessoa na época da escola.
    Achei a sinopse de A definição do amor bem interessante. A decisão de Francisco de manter a gravidez da esposa que sofreu AVC é bem difícil. Fiquei curiosa para acompanhar essa história.

    ResponderExcluir
  4. Olá. Nunca li nada desse autor. Parece ser uma obra muito interessante e com um enredo dramático e de emoções. Mas no momento deixo passar, talvez algum dia venha a ler. Desejo uma ótima leitura a quem for se aventurar nesse bonito livro. Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei curiosa para ler, ainda mais se tratando de um autor português, porque nem preciso pensar pra dizer, nunca li nada de um autor português kkkkk li um livro de portugal, mas é do tio Nick kkkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Nunca li nenhum livro de um autor português, só alguns poemas e por isso fiquei interessada nesse livro do Jorge Reis-Sá, pela sinopse gostei da historia mas quero ler a resenha para ver se realmente gosto !!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!