Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
7

Resenha #153: Não Queira Saber - Lisa Jackson

TítuloNão queira saber
AutorLisa Jackson
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Ficção Americana
Ano: 2016
Páginas: 462


Adicione esse livro ao Skoob 



Avaliação:
 


Resenha

Já se passaram dois anos desde que o filho de Ava Garrison desapareceu, mas todas as noites ela sonha com o menino na beira do cais, e escuta ele chamando-a. Todos da família acreditam que Ava está com problemas psicológicos e que precisa superar a perda do filho, que provavelmente caiu no rio e morreu. Mas algo dentro dela diz que o filho não morreu, e que todos naquela casa parecem saber algo mais.


“O problema das mentiras é que elas continuam a crescer e, nem sempre, em linha reta. Às vezes se contorcem como uma cobra e em outras se dividem como uma árvore bifurcada. Também poder se espatifar e voar em todas as direções. Pedaços afiados da mentira vão parar nos lugares mais inusitados.” Pag:276
Ava é uma rica empresaria conhecida por ser dura e cruel, herdou uma mansão numa grande ilha afastada do continente, e comprou as partes dos outros parentes. Mas tudo desmorona, quando seu filho desaparece. Desde então ficou um tempo internada em um hospital psiquiátrico, tentou se matar, e vive sob o efeito de medicamentos.
É a essa historia que somos apresentados nas primeiras 100 páginas. Onde Ava tenta se livrar dos medicamentos, que podem está causando as alucinações, e enquanto é taxada de louca por todos os familiares tenta descobrir o que realmente aconteceu com seu filho.

A trama demora um pouco a tomar forma, e prender o leitor, sendo as primeiras 150 páginas de apresentação aos personagens, e onde Ava tenta manter-se estável e tenta descobrir em quem deve confiar. Mas logo a historia prende o leitor, pois em paralelo a busca de Ava pelo filho, assassinatos acontecem na pequena cidade próxima à ilha. E ainda, todos na ilha alegam ter visto Lester Reece, um criminoso que fugiu de Sean Cliff, um manicômio desativado anos atrás.
 “A mentira não se baseia em realidade e, portanto, não tem um fundamento firme e concreto. Em vez disso, baseia-se em areia movediça, pronta para sugar o mentiroso e enterrá-lo com suas inconsistências.” Pag:276

Ao começar a leitura, eu não esperava muito do livro, mas Lisa Jackson me surpreendeu. Ela consegue conduzir o leitor por um grande mistério, que parece cada vez mais sem saída. Por vários momentos chegamos a duvidar de Ava, e nós perguntamos se de fato ela não está sofrendo alucinações e com mania de perseguição, como a família alega. A cada capitulo ficamos mais presos a estória, e curiosos sobre as verdades que seria melhor não querer saber.

A autora consegue construir bons personagens, e ainda colocar um pouco de romance na trama, sem que isso se torne piegas, ou roube o foco do mistério central.  Já fazia algum tempo que não lia nada de suspense, e o livro me agradou bastante. Fica a dica para os apreciadores de uma boa historia de mistério e suspense.


Até logo!




7 comentários:

  1. Gosto de livros como esse que nos faz pensar com o desenrolar da trama, e nos faz questionar se e aquilo mesmo ou não, isso acaba nos envolvendo diretamente com os personagens e com a trama. Realmente se fosse pega pra ler esse livro também não esperaria muito, mas após ler sua resenha não tem deixa de ficar curioso para saber qual vai o desenrolar desse mistério, já quero saber o que aconteceu com o filho da personagem e qual vai ser o final dessa trama alucinante.

    ResponderExcluir
  2. Não foi um que pensei muito em ler porque estava vendo muita gente falando que demorava pra ganhar forma e isso podia até fazer alguns desistirem. Mas parece ser um bom livro. Mesmo sendo demorado assim. No geral a trama tem um tema bem tratado, apesar da enrolação do começo é legal de conferir a história. Pensando se leio...

    ResponderExcluir
  3. Oi Elidiane, tudo bem?
    Eu não me interessei muito pela Trama do livro. Ele me lembrou um pouco a outro livro que eu já li, enredo um pouco parecido. Mas o que me deixou sem vontade de lê-lo mesmo foi o motivo de ele não prender logo de início.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bastante curiosa, o livro traz um tema que faz parte do cotidiano de muito gente : o desaparecimento de crianças, achei genial como a autora trata disso, como um mistério, como se fosse melhor deixar tudo para trás e viver uma nova vida, fiquei bastante agoniada e quero muito saber o que ocorreu para causar esse mistério todo, espero que isso não faça a leitura ser parada

    ResponderExcluir
  5. Já quero ler esse livro, esse é daqueles que te tiram o fôlego desde o começo, aqueles que te deixam no impasse, será se vão encontrar o corpo, será quem é o culpado, o por quê disso? É um gênero que particularmente gosto muito.

    ResponderExcluir
  6. Olá Elidiane, eu não conhecia esse livro e tenho que confessar a premissa me deixou bem intrigado e aniamdo para lê-lo. A história me chamou atenção por ser um mistério, gênero que gosto muito e por ter essa pitada mara Dyer, nos não sabemos se a personagem está louca ou não é essa dúvida junta de um bom desenvolvimento pode dar vida a um livro incrível, gostei bastante da resenha.

    Abraços, Carlos.

    ResponderExcluir
  7. Amo livros de suspense e mistérios, e eu já tinha visto esse livro antes mas não lembro se eu o anotei na minha lista ou não :/
    Ainda não li nada da Lisa Jackson, e essa história, apesar do começo meio lento, parece ser bem envolvente. Gostei do fato de ter um pouco de romance, mas sem roubar o foco central, e também gostei muito do fato de não saber se devemos acreditar ou não na Ava, acho que isso deve deixar o leitor meio louco kkk E eu fiquei super curiosa pra saber o que aconteceu com o filho dela.
    Esse livro tando ou não na minha lista, ele vai entrar de novo kkk
    Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!