Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
1

Resenha #102: Um Beijo de Colombina - Adriana Lisboa

Título: Um Beijo de Colombina
Autora: Adriana Lisboa
Edição: 1
Editora: Alfaguara
Gênero: Romance brasileiro
ISBN: 9788579624025
Ano: 2015
Páginas: 184


Adicione ao Skoob

Avaliação?





RESENHA



Oito meses, no bairro carioca de Vila Isabel. Foi o tempo que durou o relacionamento de João, um professor de latim que nunca se viu escrevendo ficção, com Teresa, uma escritora que publicou dois livros por uma editora pequena e ganhou fama com um livro publicado por uma editora maior. Eles se conheceram em uma festa e daí em diante, passaram a conviver juntos por oito meses. Certa noite, Teresa saiu para nadar nas águas de Mangaratiba e não retornou, deixando meses de pesquisa sobre a vida e obra de Manuel Bandeira que iriam servir para estruturar seu próximo romance no computador inacabado. Sem explicação, o corpo de Teresa desaparece e ninguém sabe dizer o que aconteceu. Teria alguém a matado e enterrado o corpo?, Teresa se afogou no mar assim como diz o poema "Cantiga" de Manuel Bandeira?, Será que o narrador enlouqueceu e a matou? Ou ela fugiu com a ex-namorada Teresa II?
"Nas ondas da praia
Nas ondas do mar
Quero ser feliz
Quero me afogar." - Cantiga, Manuel Bandeira 
Sem entender o motivo do desaparecimento, João, vai reencontrar amores e rever os seus últimos meses na companhia dessa mulher, passeando por entre ruas do Rio de Janeiro assim como também começa a dar continuidade a obra deixada pela companheira.



Publicado pela editora Alfaguara, Um beijo de Colombina, narrado em primeira pessoa por João, é um livro delicado, com um texto bem escrito e claro, onde a autora se utiliza da própria arte da escrita em si para estruturar o romance. Adriana Lisboa cria personagens muito humanos, sem pieguice ou nebulosidades que chegam a cativa o leitor e abre as portas do mar para ele ir navegando por suas descrições riquíssimas da cidade maravilhosa do Rio de Janeiro que dão um destaque a mais a obra. Outro ponto que enriquece o livro são as lembranças pescadas por João de sua infância, adolescência e vida adulta.

O romance se mistura com poesia; os capítulos recebem títulos dos poemas de Manuel Bandeira e há uma intertextualidade enorme com a vida e obra do poeta que até mesmo eu que não conheço muito acerca consegui apreciar de forma gostosa e com um gostinho de quero mais tanto da Adriana, quanto do Bandeira.


Senti uma certa angustia e tristeza ao ler Um Beijo de Colombina e me vi muito retratado na pele do João. Em determinado momento estava achando a narrativa extremamente bela e delicada, tanto é que dei tempo à leitura, lendo devagarinho, aproveitando os detalhes que eram apresentados. Achava que iria ficar por isso mesmo, um texto gostoso, mas acabei sendo sacudido ao ler algo que não estava esperando e isso só confirmou o meu gosto por essa obra incrível. Com toda certeza irei querer reler e claro, apreciar os poemas do Bandeiras que são todos citados em uma nota no final do livro.
Para quem gosta de um livro curtinha, mas com uma vastidão em seu conteúdo, irá apreciar muito bem este livro.

Att,
Pedro Silva

Um comentário:

  1. Preciso de mais livros contemporâneos brasileiros para ler. Se Pedro recomenda, vai para a minha lista - ainda mais tendo personagem LGBT no meio.

    http://escritoseestorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!