Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
20

Resenha #78: Elena - Marina Carvalho


Lido em: Maio de 2015
Título: Elena, A Filha da Princesa
Autora: Marina Carvalho
Editora: Galera Record
Gênero: Ficção
Ano: 2015
Páginas: 322


Adicione esse livro ao Skoob

Avaliação:    





Resenha:

Primeiro gostaria de dizer o quão incrível foi ver e acompanhar esse novo lado da Ana, como mãe, me apeguei tanto a ela, que foi difícil aceitá-la nesse papel (será que fiz sentido?).

Em Elena, a filha da princesa conhecemos Elena, a filha da Ana óbvio né?!, e o prólogo começa justamente mostrando o seu nascimento, ou melhor, a bolsa de Ana estourando e um Alex enlouquecido achando que está faltando algo na bolsa de maternidade, só faltando levar o quarto da criança para a hospital (exagero meu rs). 

“Saiu feito um doido casa afora, procurando as chaves – que não encontrava nem por decreto –, enfiando itens na mala da bebê, o que me irritou profundamente, porque eu já
havia deixado tudo organizado.” P. 15

Ana como a calmaria em pessoa que é, a não ser claro, quando pisam no calo dela, é quem mantém a ordem – nessa vez e em todas as outras – da família. Logo após essa episódio, já partimos para conhecer uma jovem Elena, no auge dos seus 19 anos, que estuda Línguas e parte para a Nigéria com o grupo dos Universitários sem Fronteiras para ensinar inglês e apresentar às crianças de lá o mundo da leitura. Pouco tempo depois, devido a um “imprevisto” relacionado a Ana, Elena retorna para a Krósvia para ficar com sua mãe, e ai sim a história toda começa. Os personagens que conhecemos e amamos (o Rei sz , Irina, Kare sz , Tia Marieva, os primos...), todo mundo aparece e a família fica – quase – completa. E falando nos primos, um deles tira o sono de muita gente, seja pelo lado bom ou ruim. Rebelde que só ele, querendo afrontar o Rei, Luka causa todo tipo de confusão imaginável (e inimaginável) durante sua adolescência e juventude, fazendo raiva a muita gente.

“O nome da boate não tem relação alguma com o que as pessoas devem estar pensando. É só um título, mais nada. O problema é que, graças ao meu histórico, muitos acham que se trata de uma alusão – uma apologia até – à minha debandada do berço familiar.” P. 65

Ele só retorna ao berço familiar para o casamento da sua irmã mais velha, Luce, e se manterá nele por uma pessoa especial que vocês já devem imaginar quem seja. Entre muita confusão, afinal de contas o reinado do Rei Andrej pode estar com seus dias contados devido a uma revolução que está tendo no país contra a monarquia e no meio disso tudo, o alvo principal dos manifestantes é a Princesa Elena, ela acaba se metendo em poucas e boas. Graças aos céus ela tem um cavaleiro, sem cavalo nem armadura, sempre pronto para defendê-la e com um ótimo timing. Como o próprio diz: Elena está sempre no lugar errado, na hora errada. E por conta disso, ele acaba levando-a para a Colline Viola – a vinícola de sua família –, a fim de protege-la contra todos os atentados. A partir daí, só lendo para saber o que vai acontecer. Só posso dizer que não é pouca coisa, pelo contrário. 


Nesse livro, os capítulos são intercalados, um é narrado pela Elena outro pelo Luka, coisa que muito me agradou, principalmente porque não repete a mesma cena na visão de cada um, mas sim, dá sequência a história, mostrando diferentes momentos hora pelo ponto de vista de um, hora pelo do outro. Só senti falta da Olivia, não teve nenhuma cena dela com a neta, senti falta disso. E uma coisa que me incomodou foi o fato de por muitas vezes na narração de Elena, aparecerem os nomes de Ana e Alex quando se referindo a eles, ao invés de mamãe e papai, achei “frio” esse jeito. Sobre a capa, preciso comentar? Amei! Simplesmente. A diagramação também está incrível, o detalhe no nome do narrador de cada capítulo e o símbolo referente a cada um, tudo lindo. 

A Record está de parabéns, primeiro por ter investido nesse talento da nossa literatura e segundo por ter publicado uma belíssima edição de um livro tão esperado. Só me resta dizer: LEIAM! E se apaixonem mais ainda por esses personagens tão perfeitos, até nas suas imperfeições

Por último, mas não menos importante, um conselho da Mamãe Princesa Ana:

“– É perfeitamente aceitável o que você está sentindo. Um amor deixa marcas. [...] – Mas, se essas marcas custam a se curar, é aconselhável investigar a profundidade delas.” P. 141

Até mais,
Thamyris Medeiros

20 comentários:

  1. Primeiramente, nossa, que fotos lindas você tirou!
    Bom, não li a resenha por medo de spoiler. Recebi o livro da Galera e ainda não li porque ainda tenho que ler De Repente Ana, mesmo sendo mais um spin-off, gosto de ler na sequência certinha!
    Gostei muito de Simplesmente Ana e espero gostar tanto desse como do segundo.

    Andresa Dias
    Leituras&Fofuras
    http://leiturasefofuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thamyris!
    Acho que eu ainda não tinha lido uma resenha sua. Parabéns! Foi delicia de leitura.
    Eu já tinha visto esse livro por aí, mas não achava que ele era grandes coisas. Mas sua resenha me mostrou que eu estava errada. Parece ser uma leitura muito interessante.
    E a capa é linda mesmo. Ah, será que esse negócio de se referir aos pais pelo nome é uma questão cultural?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oooi!

    Thamy, eu tô louca para ler esse livor. Mas antes preciso ler todos os demais. Sei como é a história pelas resenhas e todos os spoiler que já peguei. Acho que a escrita da Marina é incrivel e apaixonante, tenho certeza que é uma grande história que vale a pena ler :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Eu optei por não ler esse porque não gostei de Simplesmente Ana, por suas falhas de continuação, partes sem noção e principalmente uma personagem bastante imatura pra idade dela. Peguei birra mesmo e resolvi não dar outra chance tão cedo.
    Se eu fosse ler, provavelmente ia me irritar já no começo, porque odeio quando propagam essa ideia errada de que tem que sair correndo pro hospital quando a bolsa estoura, é um desserviço pra sociedade.
    Enfim... prefiro continuar de fora a me irritar com outra leitura. Deixo Marina pra quem gosta.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu só li "simplesmente Ana" e quero ler a sequência antes de ler Elena a filha da princesa, tô bem curiosa para conferir o trabalho da Galera nessa edição que deve ter ficado ótima *-* e que bom que você curtiu a leitura, mais um incentivo o// espero gostar também, gosto bastante da escrita da Marina.
    Beijinhos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thamyris. Tudo bem?

    Eu recebi Elena esses dias e vou ler em breve, apesar de não ter lido a história da Ana li algumas resenhas e olhei no livro que tem um resumo básico para quem não leu a história de Ana. Estou louca para conhecer a escrita da Marina e estou animada para ler esse livro, espero que eu não me decepcione. A capa está linda, né? Em suma, parabéns pela resenha e fiquei mais animada agora para ler Elena.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  7. Oi Thamyris! Não me mate pois não li sua resenha, ainda não li De Repente, Ana e não quero saber coisas que possam a vir estragar minha leitura. Não sei se sou a única mas não curti essa mudança de editora, mas de qualquer forma isso foi bom para a autora então acho que tudo bem né. bjos

    ResponderExcluir
  8. Olá, ainda não lida nada desta autora, mas pelos comentários deve ser mais um talento nacional <3 Fiquei morrendo de vontade de ler este livro, mas acho que eu devo ler os anteriores primeiro neh? *--* Adorei a resenha.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  9. Oi Thamyris, tudo bem? Acho a capa desse livro linda, e adorei as fotos que você tirou. Quero muito ler Elena, mas ainda não consegui iniciar nem Simplesmente Ana. Fico feliz que tenha gostado da história, sempre leio muitos elogios sobre os livros da Marina e pretendo conferir suas histórias futuramente. Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Ainda não li nada da autora, mas romance histórico me atrai muuuito. Fiquei com vontade de comprá-lo. Espero lê-lo em breve! Adorei a sua resenha!!! Lista de desejados!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Thamyris, sua linda, tudo bem?
    Esse livro parece ser muito divertido, ela está no olho do furacão se envolvendo em muitas aventuras, risos... e deve ter um romance muito fofo. Não vejo a hora de ler, mas quero ler os outros antes para não perder nada. Fiquei bastante empolgada. E você viu a capa? Adorei os tons das cores, ficou perfeito!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu li apenas Simplesmente Ana, e espero conseguir me localizar fazendo a leitura de Elena.
    Gostei da forma como a narrativa é intercalada, nada melhor do que ser contada por dois personagens mas continuamente.
    Estou com o livro aqui, e será uma das minhas próximas leituras.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Olá
    aijda não tinha parado para ver que o livro era nacional rsrs, sou muito burro kk, mas achei a sinopse muito legal e essa capa esta de arrasar, vou anotar na minha lista (já enorme) de desejados e futuras compras
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu aceitei fácil a Ana no papel de mãe, combinou muito com ela.=) Realmente você tem razão, é um pouco estranho a Elena falar Ana e Alex ao invés de mamãe e papai, mesmo porque ela se dá bem com eles, não é aquela coisa de gente que odeia os pais e prefere chamá-los pelo nome... enfim, de qualquer maneira, gostei bastante da história. E a capa é linda mesmo! *-*

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Apesar de ter gostado de Simplesmente Ana, ainda não tive a oportunidade de ler a continuação, e por consequência não li Elena, pois sabia que ia pegar alguns spoilers. Contudo, sempre gostei da escrita da Marina, mas acho que um livro focado na filha da princesa não seria algo bacana, pois já estou meio cansado de livros focados em adolescentes e todo aquele drama que vem com a idade, principalmente se a menina é da realeza, aí que eu corro mesmo HAHAHA. Vou deixar essa dica passar, mas quem sabe eu não animo de ler um dia?

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem??
    Fiquei meio perdida em saber dessa continuação até associar se que livro se referia... bom não sei se é meio frio chamar os pais pelo nome mas eu chamava os meus kkkkk até depois pegar o jeito é chamar minha mamis de mãe. Mas parece que a história é boa, mas eu não me ânimo para ler.... xero.

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    Não li nenhum livro da autora, mas sempre quis ler. Vi esse livro no Mochilão da Record e fiquei louca para lê-lo. A história me chamou a atenção, mas acho que terei que ler antes os livros sobre a Ana para não ficar perdida.
    Adorei a resenha!

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Thamyris,

    Que capa mais linda! Ainda não li Simplesmente Ana, mas algumas resenhas positivas sim e Elena deve ser bem legal, esta é a primeira resenha que leio do livro e confesso que você aguçou a vontade de pegar os dois livros e ler na sequência, mas preciso compra-los e neste momento a grana tá curta, hahaha. Mas, assim que der farei este investimento.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  19. Fala Sérgio, beleza?

    Ainda não li nenhum livro da autora. No Mochilão da Record falaram que dá pra ler só Elena, mas sei lá... vou pegar spoilers se eu fizer isso =P Por isso prefiro ler só quando já tiver terminado os Ana =P

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  20. Ola Tha lindona ainda não li o primeiro livro, mas já está em minha lista, é bom ver o crescimento dos personagens, ainda mais ver personagens do livro anterior, Mesmo podendo ler só esse livro vou querer saber mais da mãe dela. Livros com realeza, princesas sempre chamam minha atenção, bem trabalhados formam uma história cativante. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!