Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
13

Resenha #33: Feliz Ano Velho - Marcelo Rubens Paiva

Lido em: Agosto de 2014
Título: Feliz Ano Velho
Autor: Marcelo Rubens Paiva
Editora: Objetiva
Gênero: Não Ficcional
Ano: 2006
Páginas: 268


Adicione esse livro ao Skoob


Avaliação:



Resenha


Marcelo é um jovem paulista de classe média alta, que leva uma vida tranquila, no auge dos seus vinte anos. Estudante de Engenharia Agrícola na Unicamp, tem muitas namoradas, até que a poucos dias do Natal de 1979 vê sua vida mudar completamente, após mergulhar num lago com meio metro de profundidade com a pose do Tio Patinhas. Após o acidente, Marcelo acorda na UTI, sem fazer ideia do que tenha acontecido. Quebrara a quinta vértebra cervical e comprimiu a medula. Em outras palavras, Marcelo agora era um tetraplégico. 


“Sentia que só existia uma coisa funcionando em mim. Era como se fosse uma cabeça em cima de uma bandeja.”

Imagem retirada da internet

Então, o narrador que é o próprio Marcelo começa a contar pro leitor o lento processo de recuperação. Foram longos meses na UTI, onde enfrentou dias e noites intermináveis. Como ele mesmo denominou: é “a ante-sala do céu e do inferno”. Fez cirurgias, usou um colete de ferro, fisioterapia e cadeira de rodas. Foram 12 meses de recuperação onde o único intuito era sair do hospital andando. Marcelo não se conformava com pequenos sinais de melhora, ele queria ficar curado. Em muitos momentos ele se revoltou por aquilo ter acontecido justo com ele, e quis desistir, e muitas vezes Marcelo pensou em suicídio. Para ele morrer seria mais fácil que encarar aquilo tudo.


“A morte é apenas um grande sonho sem despertador para interromper. Não sentirá dor, medo, solidão. Não sentirá nada, o que é ótimo.”



Mas, apesar de se tratar de um tema trágico, o drama não toma conta do livro, muito pelo contrário. Marcelo tem um bom humor incrível, e deixa isso registrado nas páginas de sua história. Em vários momentos ele intercala seus momentos no hospital com lembranças da sua infância e adolescência. Podemos conhecer o Marcelo antes do acidente, suas conquistas amorosas e decepções, sua relação divertida com os amigos, família, aventuras na música e na política. Uma das partes mais impactantes é, sem dúvida, quando ele fala da relação de amizade que tinha com o pai: Rubens Paiva foi levado da própria casa por militares, e nunca mais foi encontrado. 

A leitura é fluida e agradável, cheia de humor e irreverência. Marcelo Rubens Paiva consegue misturar tragédia e humor de forma incrível, ele se revela um jovem autor muito talentoso, e consegue nos prender ao livro. Eu, particularmente, já reli o livro inúmeras vezes, e em todas às vezes me emociono. É um livro que todos deveriam ler, para contemplar essa maravilhosa obra brasileira. 

Ao ler Feliz Ano Velho, nós sofremos com Marcelo, lutamos com ele, nos divertimos, e nos emocionamos. Mas apesar de tudo, assim como Marcelo, não perdemos a paixão pela vida.



13 comentários:

  1. Olá, Elidiane!

    Esse é um dos livros favoritos do meu pai e ele já me indicou a leitura incontáveis vezes. Já li livros por indicação dele - inclusive O Buraco da Agulha, um dos meus favoritos - e nunca me arrependo. Feliz Ano Velho é um dos próximos da fila.
    Eu só li duas resenhas do livro até agora, contando com a sua, mas sempre reparo em críticas boas e quotes que destacam as metáforas criadas por Marcelo Rubens Paiva. Preciso ler esse livro logo, não mais apenas pela indicação do meu pai, mas por você ter dito que há um equilíbrio entre partes trágicas e cômicas, e é impossível não se emocionar.

    http://discodivinil.blogspot.com.br/

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oii,

    Vejo super elogios sobre esse livro, mas ainda não li... Gostei bastante da resenha!!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Esse livro é um dos melhores que já li, amo o autor depois que o li, a história é muito bonita e tudo mais, ainda vou reler pois faz uns anos que o li e amo.
    Ótima dica e que bom que também gostou.

    Beijão
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/09/top-5-filmes-de-terror.html

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha parece ser muito bom. Uma história real com um drama denso e uma pitada de humor. Parabéns pela resenha, você me convenceu a ler o livro.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Eu tenho MUITO interesse por esse livro, sem falar que outro dia eu o vi em uma lista de livros essenciais da literatura nacional. Pretendo ler assim que eu conseguir, estava até cogitando de pega-lo na biblioteca pública da cidade, mas lembrei que tenho outros livros pra ler pro vestibular. O bom é que a maioria desses livros me atraem haha. Mas este está muito na lista de desejados. Gostei da resenha.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Eli, tudo bem?

    Achei o titulo do livro bem interessante e foi isso que me chamou a atenção logo de cara. Essa mistura de tragédia e humor é muito boa e gosto quando os livros abordam esses dois lados. Tem que saber balancear, né? Adorei a resenha

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eli, esse livro me lembrou um pouco Para Sempre.
    onde a esposa do narrador perde a memoria e fica paraplégica por um tempo também.
    Mas não sou muito fã de histórias biografias. Apesar de você ressaltar que o livro não ficou com cara de tragedia, que tem seus momentos engraçados e tudo o mais, não me interessou.

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Elidiane, tudo bem?
    Eu li esse livro no tempo da escola, ele foi recomendado pelos professores e lembro que ele foi muito bom. É um assunto super importante e o Marcelo com certeza deve ter ajudado várias pessoas que estavam passando pelo mesmo problema que ele. A luta dele foi e deve continuar sendo muito grande, uma vida de desafios. Esse livro mexe com nossa zona de conforto, nos faz rever várias coisas , dar mais valor.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Elidiane!!!
    Não conhecia o livro, mas fiquei interessada na leitura, e olha que não curto muito biografias rsrs. Já entrou para a lista de desejados, e espero que em breve eu possa ter a oportunidade de lê-lo, pois gosto de livros que são capazes de me emocionar.
    Adorei a resenha, e obrigada pela indicação =)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Elidiane,
    nossa um livro para refletirmos né. Pois nele há uma historia de vitoria e conquistas, mesmo sendo através de uma tragedia.
    Uma boa lição de vida que ele nos mostra através de palavras. Não preciso dizer o quanto eu deste livro e concordo com você, livros como ele merece sim ser lido.
    E fico mais feliz é saber mesmo que seja um livro com uma drama pesada o autor soube dosar e deixa-lo agradável, dando o humor. Mais um ponto que me conquistou.
    Parabéns flor pela resenha, eu adorei!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  11. Quero muito ler esse livro. Uma vez fui a um bate-papo com o Marcelo, e além de ser talentoso, o que você sentiu lendo o livro é ele de verdade: ele é uma pessoa extremamente irreverente e bem-humorada. É realmente um cara com paixão pela vida, um exemplo de superação, e quero ter um exemplar pra ler e reler muitas vezes.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Olá Elidiane

    Um livro para refletir e emocionar... achei interessante mesmo não sendo o meu tipo de leitura... mas com a narração em primeira pessoa dá para você se colocar no lugar do personagem e sentir um pouco do que ele sente.... eu fico imaginando como o autor escreveu essa obra.... as pesquisas que deve ter feito pelo tema e tudo mais... que bom que a leitura foi cativante para vc por mais de uma vez... Xero!!!

    ResponderExcluir
  13. Ah, eu ouvi muito falar desse livro, muito BEM aliás. Gente que tem o gosto literário muito parecido com o meu aliás, só me pergunto porque é que eu não li ainda kkkk Muito obrigado por me lembrar disso, e ótima resenha *-*

    Abraços!
    http://pipocaradioativa.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!