Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
21

De Capa Em Capa #18: Branca Como o Leite, Vermelha Como o Sangue - Alessandro D’Avenia

Olá, leitores.

Hoje vim lhes apresentar as capas do romance Branca Como Leite, Vermelha Como o Sangue. Lançado aqui no Brasil em 2011, e que venho desejando ler há algum tempo loucamente.

Vamos conferir?



Branca como o leite, Vermelha como o sangue
Autor:  Alessandro D’Avenia
Origem: Itália
Título original: Bianca Come Il Latte, Rossa Come Il Sangue
Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528615050
Ano: 2011
Páginas: 368

Sinopse: Leo é um garoto de dezesseis anos como tantos: adora o papo com os amigos, o futebol, as corridas de motoneta, e vive em perfeita simbiose com seu iPod. As horas passadas na escola são uma tortura, e os professores, “uma espécie protegida que você espera ver definitivamente extinta”. Apesar de toda a rebeldia, ele tem um sonho que se chama Beatriz. E, quando descobre que ela está terrivelmente doente, Leo deverá escavar profundamente dentro de si, sangrar e renascer para a vida adulta que o espera.




Capas 


Na ordem: Rússia, França, Itália (original), Grécia, Croácia e EUA 1.
Aqui, optei por deixar todas as capas semelhantes juntas, ou seja, não há quase nenhuma diferenças nessa arte. O que vemos é uma garota ruiva, com uma postura blasé e bastante pálida que nos faz induzir a acreditar que é a Beatriz. Não entendi bem esses objeto que ela segura que lembra bem um galho, porém, deve fazer algum sentido para quem o leu.


Na ordem: Bulgária. Holanda, Espanha 1 e 2, Polônia e Alemanha.
Nas três primeiras capas não é o branco que domina, mas vemos os mesmo elementos que nas capas anteriores (menina pálida e o galho). A capa da Polônia é um tanto quanto chamativa, já as outras duas (Espanha 2 e Alemanha) são um pouco apagadas.

Na ordem: Hungria, EUA 2, Portugal e Brasil.
Nesse conjunto estão as minhas preferidas. Eu adorei essa capa de Portugal, por mais que o assunto tratado no livro seja triste, eu gosto de ver uma coisa alegra na capa, os elementos sorriso da moça e as cores vivas me passam uma certa alegria. Já a Brasileira, quando eu vi pela primeira vez não tinha dado tanto bola, mas apos ler mais acerca dele acabei por me interessar.
Temos uma segunda capa americana referente ao filme (sim, o livro já ganhou adaptação para as telonas no ano de 2013).




Enfim galera, conte-nos quais as suas capas favoritas e se já leram esse livro, se querem ler e tudo mais.

21 comentários:

  1. E aí, tudo bem?
    Eu não achei nenhuma das capas bonitas rsrs, mas a que eu mais gostei foi a da Alemanha ^^.
    Abraços!
    http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa Sérgio, de todas a que menos gosto é a do Brasil, sinto que fizeram um péssimo trabalho com esse livro, pois sempre ele está em promoção, ninguém compra mesmo conhecendo a história, fiquei muito louca quando soube como o livro era, se a capa americana tivesse sido a brasileira, certeza que ele estaria bem mais famoso e a história é muito boa, vi uma resenha dele e me apaixonei.
    Amei o post.
    Beijos
    Poliana Araujo
    Território das Garotas.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Pedro. Gosto da brasileira, mas a que mais me atraiu foi a alemã. Gosto de capas minimalistas e conceituais, adorei o conjunto vestido + cabelo + ausência de pessoa.
    Já tinha visto o título, mas não tinha lido a sinopse, e gostei da premissa.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!! Não li, mas o leria se pudesse.
    Acho que as capas mais bonitassão: a brasileira e a que a moça está de costas, vestido vermelho e título em espanhol.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito de posts assim, amo conhecer um pouco mais das capas dos livros pelo mundo! Depois que comecei a trabalhar em um equipe global, as diferenças culturais são interessantes e até engraçadas. Minhas capas preferidas foram Espanha, Portugal e Brasil.

    Agora muitos livros estão explorando o tema cancêr, e apesar do tema ser pesado, também prefiro capas felizes.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho muito engraçado como o mesmo livro pode ser visto de uma forma tão diferente por vários países, e uma forma bem legal de perceber isso é a capa. Me lembrei que na capa de Crepúsculo na Indonésia, a Bella é loira... Onde já se viu? kkk Não tinha ouvido falar desse livro mas preciso dizer que a capa brasileira é muito melhor kk

    Abraços!
    http://pipocaradioativa.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei da capa de Portugal, a mais bonita.

    ResponderExcluir
  8. Olá

    Não conhecia o livro e até achei a premissa curiosa, vou aguardar uma resenha para saber mais sobre a obra. Não gosto de gente em capa, mas confesso que as capas parecidas (a original principalmente) são lindas. Estou apaixonado por essa modelo haha mesmo assim, prefiro a capa brasileira!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  9. Ola não conhecia o livro gostei da capa da Polonia rss , a capa brasileira não me chamou muito atenção não. Adorei a postagem e ver a diversidade de capas do mesmo livro em vários países . beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu não conhecia esse livro e confesso que ele não despertou muito interesse em mim, sabe? As capas são bem bacanas, mas eu gostei mais das primeiras que são da garota ruiva, elas são bem semelhantes, mas na minha opinião são as mais impactantes.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Oii,

    Achei interessante a forma de como as capas mudaram, achei a nossa mais bonita :)

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Pedro.
    Eu não li o livro, na verdade nem conhecia, mas devido ao assunto denso, não é uma leitura que eu faria no momento.
    Mas das capas mostradas, a que eu mais gostei foi a americana e alemã. Não gostei da capa brasileira.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Oi Pedro, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem sabia que já tinham adaptado para as telas do cinema. Adoro essa coluna de capas!!!! Eu olhei para todas elas e a que me tocou, lembrando que não conheço a história, foi a mais diferente delas, uma que tem um rapaz em pé na parede com a foto dela ao fundo.
    Vou pesquisar sobre essa história.
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Pedro
    Não li o livro e nem conhecia, para lhe ser sincero. Tem uma premissa interessante e a capa nacional é muito mais bonita que as outras. A capa italiana e original é horrível ><
    Não gosto de rostos em capas de livros. '-'
    A capa ta Hungria também é bonita! :)

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Pedro!
    A capa que me conquistou foi a do Brasil, achei linda!
    Não conhecia o livro, mas parece ser muito bom!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Achei o primeiro padrão de capas bem legal, provavelmente pela semelhança nos elementos com a do Brasil, que é a minha preferida.
    Das outras eu não curti muito.. sei la..
    Eu gostei da Espanha II tambem.. mas acho que tudo tinha que ser mais branco rs

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  17. Para falar a verdade, não me apaixonei por nenhuma das capas... mas acho que minhas preferidas foram a segunda da Espanha e a da Hungria.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi Sérgio,
    Gosto muito da capa Brasileira e continua sendo minha preferida!
    A segunda que gostei foi a de Portugal, as demais acho que são muito antigas e retrô.
    Como assim já tem adaptação e eu ainda não vi? Vou procurar!
    Fui hoje na livraria procurar esse livro e não encontrei! pena!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  19. Olá Pedro,
    eu amo conhecer as capas que rolam pelo mundo dos livros. Muitas são tão diferentes de outras que chega a ser impossível escolher apenas uma. Mas assim como você eu gostei bastante da Brasileira, sei lá ele tem algo que nos instiga a querer conhecer a historia.

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  20. Oi Pedro,

    As capas que mais gostei foram as que você selecionou como suas preferidas, embora nenhuma delas tenha me conquistado e não creio que seja um livro que lerei.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá Pedro!
    Eu não conhecia esse livro. E acho que a única capa que me interessou foi a de Portugal, apesar de você ter falado que o livro fala de tristeza, mas o sorriso que a menina dá é lindo.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!