Nos siga no Instagram! TOP 5: coisas para se fazer em um dia de tédio Desventuras em Série #1: Mau Começo - Lemony Snicket Resenha #229: Era dos Extremos - Eric J. Hobsbawm
2

Dica Literária #9: O Menino da Mala - Lene Kaaberbøl, Agnete Friis

Olá, pessoal!

Hoje decidi trazer para vocês o primeiro exemplar da minha pequena e humilde coleção e que por sinal é bastante recente, já que passei a me interessar mais por leitura há cerca de seis meses. Em O Menino da Mala, o enredo apresentado é altamente envolvente. Nele, há a presença de temas como trabalho hospitalar, relações familiares, tráfico infantil, casos policiais, além de diversos outros. Acompanhamos o desenrolar da estória através de várias perspectivas (alternando, através de capítulos, o personagem narrante), o que deixa a leitura mais agradável e ajuda o leitor a saber o que se passa na cabeça dos personagens principais do livro.

Bom, espero que gostem!

O Menino da Mala
Título Original: Drengen I Kufferten
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411836
Ano: 2013
Páginas: 256
Tradutor: Marcelo Mendes


Sinopse: “Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.

Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo.

Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.


Os outros dois livros da série ainda não foram traduzidos, mas provavelmente todos serão lançados pela Editora Arqueiro.
    
Até mais,
Sérgio H.


3

Postagem Livre #7 - Presentinho da Intrínseca

Bom dia, leitores!

Sexta-feira, 25/04, acordei achando que este seria mais um dia normal e chato da minha vida... Isto até meu avô subir com uma linda encomenda que a Intrínseca me mandou. De início, estranhei, já que eu ainda não havia solicitado nenhum livro da parceria. Ao abrir o pacote, percebi que se tratava de um presente para os novos parceiros, o que me deixou ainda mais encantado com a Editora. 

Olha só!



Essa é, de longe, a forma mais linda e carinhosa que já vi de uma editora tratar seus novos integrantes. A cada contato que tenho com o pessoal do marketing Luiza s2, sinto-me mais feliz por ter conseguido realizar esta conquista, já que a Intrínseca é, além de bem-intencionada, uma editora que produz livros com uma excelente qualidade, tanto material quanto de escrita. Simplesmente a melhor!

Ah, leitores! Já vou logo avisando que na semana que vem, a resenha PROVAVELMENTE será deste livro! Então, caso queiram saber um pouco mais sobre ele, basta nos visitar dia 09/05! mas podem visitar todos os dias, eu deixo

Só vim compartilhar minha alegria com vocês! Tenham um bom dia e até amanhã!

                                                                                                                                             Sérgio H.

6

De Capa em Capa #10: Série Feios - Scott Westerfeld

Olá, galerinha!

Hoje vim trazer para vocês as capas da série Feios, que é composta por 4 livros, sendo eles #1 Feios (2010), #2 Perfeitos (2010), #3 Especiais (2011) e #4 Extras (2012). A série foi escrita pelo autor Scott Westerfeld e é super aclamada pelo público. Para quem não conhece, deixo abaixo a sinopse do primeiro livro.

Sinopse Feios - Livro 1: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Vamos às capas?


                                    Portugal








Alemanha                               







                        Estados Unidos  




Reino Unido                           





                              França                                   



                                                                                                         Brasil




Sobre as capas: As capas de Portugal são um tanto quanto estranhas, não sei se faz jus ao que está escrito nos livros. Essas pessoas estão tão bizarras, assim como as capas da França, que não conseguem atingir o que considero "beleza". Nas capas da Alemanha, vemos pessoas bonitas e que nos deixam curiosos por conta desses olhos enormes, dá até vontade de ler para descobrir. 
Tenho que admitir que as capas brasileiras estão lindas, e que foram elas as responsáveis por instigar o meu interesse em lê-la, no entanto, eu achei as capas dos EUA bem bonitas de acordo com o tema da trama e para mim, elas ficam com o título de segundo lugar no ranking de capas mais belas dessa série, perdendo apenas para o Brasil.

Bem, eu ainda não li essa saga, mas esta entre as minhas próximas leituras, pois realmente se mostra ser ótima. Sendo assim, digo posso ter julgado as capas de forma errada... Mas quem nunca?!

Conte-nos: o que acharam das capas? Já leram essa saga? Recomenda? 

Até a próxima, pessoas!
Pedro S.
13

Resenha #10: Divergente - Veronica Roth

Lido em: Abril de 2014
Título Original: Divergent
Título (BR): Divergente
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
ISBN: 9788579801310
Gênero: Distopia
Ano: 2012
Páginas: 502
Avaliação

Sinopse: Nesta versão futurista da cidade de Chicago, a sociedade se divide em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude – a Abnegação, a Amizade, a Audácia, a Franqueza e a Erudição. Aos dezesseis anos, numa grande cerimônia de iniciação, os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas. Para Beatrice, a difícil decisão é entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é – não pode ter os dois. Então, faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma.
Durante a iniciação altamente competitiva que se segue, Beatrice muda seu nome para Tris e se esforça para decidir quem são realmente seus amigos – e onde se encaixa na sua nova vida um romance com um rapaz fascinante, porém perturbador. Mas Tris também tem um segredo, que mantém escondido de todos, pois poderia significar sua morte. Ao descobrir um conflito crescente que ameaça destruir sua sociedade aparentemente perfeita, ela também aprende que seu segredo pode ajudá-la a salvar aqueles que ama… ou destruí-la.













Resenha:

Do enredo: Como já dito na sinopse, neste primeiro livro da trilogia distópica, Chicago foi dividida em 5 facções: Abnegação, para os altruístas; Franqueza, para os sinceros; Amizade, para os pacíficos; Erudição, para os inteligentes e por fim a Audácia, para os destemidos. Ao completarem 16 anos, os adolescentes são submetidos à um teste de aptidão para saber a que facção sua personalidade mais se adéqua. Logo no começo do livro, conhecemos Beatrice, protagonista do enredo. Pertencente à Abnegação, ela nunca conseguiu ser altruísta o bastante para se sentir parte da facção, o que a leva a pensar seriamente em sair dela após seu teste. O grande problema é que sua escolha pode definir seu destino. Caso ela decida continuar na sua facção de nascença, poderá permanecer com sua família. Mas caso ela escolha qualquer outra, terá que deixar para trás seus familiares, amigos... enfim, toda a sua vida; e é o que acontece. Durante toda a iniciação na Audácia, "Tris" nome que Beatrice escolhe após escolher esta facção se demonstra como uma pessoa forte e centrada, apesar de todos os seus medos. Uma coisa ajuda no seu resultado final; algo que representa um perigo real para ela: sua Divergência. 

Pontos negativos:  No período que corresponde às páginas entre 20% e 60% do livro, o enredo fica altamente monótono e repetitivo. Uma coisa que não me agradou (e que por isto justifica minha nota 4, e não 5) é que a autora utiliza diversas vezes O MESMO FATO, porém em circunstâncias diferentes. Uma prova disto são as INÚMERAS simulações que Tris realiza, ou sua coragem repentina de pular de cantos altos e de subir em coisas, ou as incontáveis vezes que ela "pega o trem em movimento". Isto realmente me irritou, já que tive a sensação de estar "empacado", não conseguindo prosseguir, já que novas informações não eram implementadas no enredo.

Pontos positivos: O começo do livro é altamente envolvente, já que é nele que temos a explicação sobre a formação das facções, apresentação dos personagens e coisas do tipo. No geral, eu amei a estória. Embora apresente partes "chatas", como já descritas acima, Veronica conseguiu equilibrar isto na metade para o fim do livro, dando um toque positivo ao resultado final. Vale salientar também que a linguagem utilizada é simples e de fácil compreensão, ajudando no fluxo da leitura. Já queria lê-lo há algum tempo e devo admitir que fui surpreendido. Não esperava tanto assim dele. Espero que a autora não tire de mim a impressão "boa" que tive do primeiro volume no decorrer da série. Já estou com o segundo livro na estante (êêê), e pretendo começar a leitura dele na semana que vem! 

Do exemplar: Peguei meu exemplar na livraria Leitura de João Pessoa, e tive um enorme desprazer por ser desatento: a lombada encontrava-se amassada nas extremidades. Cogitei voltar lá e tentar uma troca, mas não queria passar por constrangimento de nenhum tipo, então decidi ficar em casa com o exemplar danificado. Devo admitir que meu livro passou por poucas e boas após isto, já que viajei e levei ele para todo canto, mas a qualidade do material usado é excelente. Fora os amassados que já estavam no momento da compra, não consegui detectar nenhum outro. As folhas são pequenas e fluem rapidamente devido ao tamanho "grande" da letra. 

Da autora: Veronica Roth é uma autora de sucesso internacional. Divergente, o primeiro título desta trilogia, alcançou o primeiro lugar dos mais vendidos do New York Times. Atualmente, ela mora em Chicago, com seu marido.

Algumas quotes:

"Alguém se ajoelha ao lado do rosto dele e fecha seus olhos. Deve ser para fazer parecer que ele está dormindo. Que idiotice. Por que as pessoas cismam em fingir que a morte é um tipo de sono? Não é. Não é."

"O altruísmo e a coragem não são tão diferentes assim."

"O abismo serve para nos lembrar que há um limite tênue entre a coragem e a estupidez!"


Meu exemplar:


Trailer da adaptação:





4

Dica Literária #8: A Revolução dos Bichos - George Orwell

Hey!

Confiram a indicação literária dessa Quarta-feira.
Trata-se de um livro, que de início se mostra como uma leitura infantil, mas que esconde em suas entrelinhas uma forte crítica, principalmente ao Stalinismo e as ações sociais de liderança e poder.
O livro pode ser antigo, mas relata muito sobre nossa atual realidade social.



Título Original: Animal Farm
Edição: 1
Editora: Companhia das Letras
ISBN: 9788535909555
Ano: 2007
Páginas: 152
Tradutor: Heitor Aquino Ferreira

Sinopse:
Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, "A Revolução dos Bichos" é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos - expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História - mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Com o acirramento da Guerra Fria, as mesmas razões que causaram constrangimento na época de sua publicação levaram A revolução dos bichos a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell, adepto do socialismo e inimigo de qualquer forma de manipulação política, sentiu-se incomodado com a utilização de sua fábula como panfleto.

O livro já possui animação, e quem quiser assistir, bastam procurar no Youtube que estará disponível (se não me engano, essa animação é de 1954).


9

Postagem Livre #6: Réquiem, o desfecho da Trilogia Delírio.

A espera acabou. A Editora Intrínseca divulgou que irá publicar Réquiem, o desfecho da trilogia Delírio, escrita por Lauren Oliver, no próximo mês de Maio.


Da faísca da revolta que teve início em Pandemônio eclode uma revolução e Lena está no centro de tudo. O retorno de Alex, que ela julgava estar morto, tumultua ainda mais seus pensamentos. Do outro lado do muro, Hana se submete à intervenção obrigatória que deveria curá-la do amor. Mas algo dá errado e ela passa a questionar sua vida e pareamento com o futuro prefeito de Portland.Alternando entre o ponto de vista de Lena e o de Hana, Lauren Oliver mostra que a revolução é um caminho sem volta, assim como a liberdade.Delírio é a série distópica que apresenta uma sociedade em que o amor é considerado uma doença, erradicada pela ciência. Para evitar o mais mortal dos males, todos os cidadãos, ao completarem dezoito anos, passam por uma intervenção cirúrgica. *Fonte*


Réquiem - Delírio -  Volume 3 - Lauren Oliver





Para quem não conhece os outros títulos, confiram abaixo os dois livros anteriores da série já lançados no Brasil:

Delírio - Delírio - Volume 1 - Lauren Oliver

Sinopse:



Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.




Pandemônio - Delírio - Volume 2 - Lauren Oliver



Sinopse: Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.













Espero que tenham gostado da novidade, continuem a acompanhar o blog e em breve traremos mais noticias para vocês.

Até a próxima.

9

De Capa em Capa #9 - A Culpa é Das Estrelas - John Green

Olá, leitores!

Tudo bem com vocês? Espero que sim. Neste domingo de Páscoa, trazemos para vocês o livro que desencadeou a fama do autor John Green aqui no país. Comprado pela Editora IntrínsecaA Culpa é das Estrelas chegou a ser o livro mais vendido no Brasil (o que proporcionou diversas críticas por parte de alguns leitores).

Eu ainda não possuo um exemplar, mas tenho muita curiosidade em lê-lo. Em breve, pretendo adquirir e resenha-lo por aqui!

Conheça um pouco do livro:

Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. 

Que tal irmos às capas?



Alemanha
Brasil
Estados Unidos
Bulgária












Sendo a única com estilo "diferente", a capa da Alemanha me parece bem convidativa, apesar de ter as letras posicionadas de um modo não muito atraente. As capas do Brasil, Estados Unidos e Bulgária são bonitas, mas a do brasil é mais limpa, tendo em vista que possui menos "escritos" no fundo e a letra usada dentro dos balões é mais delicada.


Espanha
Dinamarca
França
Holanda












Para ser sincero, não gostei de nenhuma das capas. A espanhola não trás até mim uma imagem de uma menina com câncer nos pulmões. Ela parece muito saudável. Já as dinamarquesa e holandesa remetem ao título (céu, estrelas), mas ficaram horríveis. A da França, como dito cima, é semelhante à brasileira.


Hungria
Portugal
Itália
Polônia
                        
OMG, que capas são essas? As da Hungria e Portugal simplesmente me deixaram encantado. Eu queria ser português nessas horas. A da Itália é simples, mas não deixa de ser bela. A polonesa, no entanto, é tão sem graça que, caso eu visse este livro na livraria, certamente o descartaria.

Me contem qual foi a capa que você mais amou :3
PS: Só pode escolher uma, hein? u_u

Até logo e Feliz Páscoa!
5

Resenha #9: O Estrangulador - Sidney Sheldon

Lido em: Abril de 2014
Titulo (BR): O Estrangulador
Titulo Original: The Strangler
Autor: Sidney Sheldon
Editora: Record
ISBN: 9788501041319
Gênero: Romance Policial
Ano: 2011
Páginas: 178
Avaliação


Sinopse:

Na misteriosa Londres, um perigoso assassino desafia a polícia com uma sucessão de crimes. Caberá ao jovem destemido policial Sekio Takagi desvendar esse sinistro quebra-cabeça.





Resenha:

O Estrangulador é narrado em terceira pessoa em 12 capítulos curtinhos e com uma fonte média. A cada inicio de capitulo é apresentado uma imagem, e também há pequenas imagens que dão pequenas pausas no meio do capitulo intercalando as personagens. Minha edição não possui orelhas, já as folhas são brancas.


Ilustração ao inicio do capitulo


Na cidade de Londres um maniaco muito peculiar vem cometendo vários assassinatos de mulheres pelo mesmo modo: Em dias chuvosos, ou que apresente pretensão de chuva. Ele vai ao supermercado de modo sorrateiro e seleciona vitimas que se enquadrem no seu padrão, após espera suas vitimas, que estão despreparadas sem uma sombrinha, ele as oferece uma carona no seu guarda-chuva de modo extremamente educado, e assim as moças ingenuamente aceitam e vão com ele pelas ruas escuras ou não de Londres, sem saberem o que as esperam.

Do outro lado da trama, a policia local passa a buscar pistas que levem a esse tal maniaco com o intuito de prendê-lo e acabar assim com o medo da população que o intitulou de "O Estrangulador". Ninguém sabe qual a verdadeira identidade do criminoso na história, e a Scotland Yard conta com a ajuda do renomado sargento Sekio Takagi para desvendar esse mistério.
Com o decorrer da história, O Estrangulador tem um deslise que pode por em risco o seu joguinho, mas será que ele será desmascarado?

***

Nessa trama nós que estamos lendo temos toda a visão do que está se passando na história, pois, como disse no inicio, o narrador intercala a leitura entre as personagens do livro e a todo instante ficamos ciente do que está para acontecer.

A cada fim de capitulo ficamos mais aflitos em busca dos próximos acontecimentos e a vontade que dá é só de largar o livro quando a história tenha acabado por completo.


Folhas brancas e fonte grande


O autor sabe usar as palavras para ser ligeiro e tornar a leitura fluido e agradável, tanto é que no fim da tarde eu já estava na página final do livro.

Esse não foi o primeiro livro que li do Sidney Sheldon e posso dizer que como o primeiro (O Plano Perfeito), este possui uma ótima história, principalmente para àqueles que estão entrando no mundo dos romances policiais e que buscam uma leitura prazerosa.

Apesar dos elogios, há um pequeno detalhe que me deixou frustado: O final. Sim, eu esperava algo mais surpreendente e bombástico, no entanto, o final foi um tanto quanto previsível e fraquinho, mas nada que deixe-nos com ódio do livro e que não impeça de o ler.
Eu recomendo esta leitura àqueles que desejam uma leitura rápida e gostosa afim de passarem o tempo.
Chuva ao final da tarde sobre a capital inglesa... 
Será esse o sinal de mais um crime? Fica a seu cargo ir descobrir.

Um pouco sobre o autor:

O escritor norte-americano Sidney Sheldon  é um dos romancistas mais lido do mundo, tanto é que ele recebeu do Guinness o título de "Maior escritor traduzido no mundo". Foram cerca de 180 países e mais de 300 milhões de livros vendidos. Todos os livros do autor chegaram a lista de mais vendidos do jornal The New York Times.
Para quem não sabe, ele também escrevia roteiros para a televisão, e foi o criador da famosa série de TV Jeannie é um Gênio.
Uma curiosidade é que no inicio da carreira, ele não se achava capaz de escrever um livro... Agora imaginem se ele não tivesse escrito seu primeiro livro? Obvio que teria perido esse sucesso todo, e nós leitores, ótimas histórias.

Espero que tenham gostado da resenha. Deixem nos comentários suas impressões... e até um próximo post.

13

Postagem Livre #5: SUPER SORTEIO!

Olá leitores, bem vindo à mais um super sorteio, com os seguintes prêmios:
  • 01 Livro No Escuro
  • 01 Livro Morte Súbita
  • 01 Livro Todo Dia
  • 01 Livro Crônicas e Absinto + mimos.

Para participar é super fácil, basta seguir todas as regras obrigatórias.

É bom lembrar que:
 * O sorteio ocorrera de 17/04 a 22/05;
 * O participante deve residir em território nacional;
 * O participante deve cumprir todas as regras obrigatórias (seguir os blogs pelo GFC) caso contrário será feito um novo sorteio;
 * Fica a seu critério cumprir as regras opcionais (lembrando que quanto mais regras você cumprir, mais chances tem de ganhar);
 * O participante receberá um e-mail pedindo suas informações. Caso não haja resposta em 48 horas, faremos um novo sorteio;
 * Nenhum blog ficará responsável por extravio causado pelos correios.
 * Nenhum blog ficará responsável por enviar o livro novamente caso não haja alguém para recebê-lo.
 * Cada blogueiro tem até 30 dias para enviar o livro para o ganhador.

ATENÇÃO: perfis fakes ou utilizados apenas para participar de promoções serão desqualificados.


Fiquem atentos, o resultado sairá na tarde do dia 22/05! Fiquem atentos!

a Rafflecopter giveaway
12

Dica Literária #7: Divergente - Veronica Roth

Hey, people!

Hoje, dia de Dica Literária, trago para vocês o livro que estou lendo no momento, intitulado "Divergente". Ganhei o meu exemplar domingo (13/04) e devo admitir que no mesmo dia comecei a lê-lo. Há tempos paquerava o título, mas dinheiro de leitor é curto, vocês sabem como é.

Para quem não sabe, Divergente é o primeiro livro de uma trilogia, tendo como continuação Insurgente e, como desfecho, Convergente. Estou gostando muitíssimo da escrita da autora e do enredo, mas em algumas partes (principalmente em coisas que se repetem inúmeras vezes) acabo ficando travado na leitura creio que seja normal, já que em quase todos os livros há partes assim. Não vou me prolongar muito, já que na próxima semana teremos resenha deste livro aqui no blog uhuuuu

Enfim, deixo vocês com a sinopse do livro e o trailer da adaptação, que estreará AMANHÃ no Brasil! *-*


Divergente
Título original: Divergent
Edição: 1
Editora: Rocco
ISBN: 9788579801310
Páginas: 502
Tradutor: Lucas Peterson

Sinopse: Nesta versão futurista da cidade de Chicago, a sociedade se divide em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude – a Abnegação, a Amizade, a Audácia, a Franqueza e a Erudição. Aos dezesseis anos, numa grande cerimônia de iniciação, os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas. Para Beatrice, a difícil decisão é entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é – não pode ter os dois. Então, faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma.
Durante a iniciação altamente competitiva que se segue, Beatrice muda seu nome para Tris e se esforça para decidir quem são realmente seus amigos – e onde se encaixa na sua nova vida um romance com um rapaz fascinante, porém perturbador. Mas Tris também tem um segredo, que mantém escondido de todos, pois poderia significar sua morte. Ao descobrir um conflito crescente que ameaça destruir sua sociedade aparentemente perfeita, ela também aprende que seu segredo pode ajudá-la a salvar aqueles que ama… ou destruí-la.

Trailer da adaptação:


Vocês estão ansiosos para a estréia do filme, Divergentes? Bom, eu estou *-*

6

Postagem livre #4 - Encontro Romances de Época - Editora Arqueiro

Olá, pessoas!

No último domingo, 13/04/2014, estive no evento "Romances de Época", promovido pela Editora Arqueiro na cidade de João Pessoa. Coordenado pelos blogs O Livreiro e Na Cabeceira da Cama, o encontro ocorreu na livraria Leitura e contou com cerca de 30 participantes, entre estes leitores do gênero e pessoas que é o meu caso que se interessam pela editora.

Durante o decorrer do evento, que visava mostrar o empenho da Arqueiro em trazer títulos que fazem sucesso lá fora, foi divulgada uma listinha de romances de época que, em breve, serão lançados por aqui. Além disto, também conferimos em primeira mão a arte das capas de alguns deles! Ainda durante esta maravilhosa tarde, ocorreram diversos sorteios, que foram desde exemplares de livros até bottons e marcadores.

Como aqui não ocorrem muitos eventos zzz, gostaria de parabenizar a editora pela decisão de trazer algo inovador para a Paraíba e pedir que, se possível, tragam mais! É e sempre será um prazer participar de reuniões do meio literário.

Bom, deixo para vocês agora algumas das fotos que tirei por lá. Confiram!






0

Conheça: Lançamentos de Abril - Intrínseca

Hey, leitores!

Autor: Richard W. Chambers
Título original: The King in Yellow
Título (BR): O Rei de Amarelo
Editora: Intrínseca
Páginas: 208

Sinopse: Obra-prima de Robert W. Chambers, O Rei de Amarelo é uma coletânea de dez contos de literatura gótica publicada originalmente em 1895 e considerada um marco do gênero. Influenciou diversas gerações de escritores, de H. P. Lovecraft a Neil Gaiman, Stephen King e, mais recentemente, o escritor, produtor e roteirista Nic Pizzolatto, criador da série investigativa True Detective, exibida pela HBO, cujo mistério central faz referência ao obscuro Rei de Amarelo.
O título faz alusão a um livro dentro do livro — mais precisamente, a uma peça teatral fictícia — e a seu personagem central, uma figura sobrenatural cuja existência extrapola as páginas. A peça O Rei de Amarelo é mencionada em quatro dos contos, mas pouco se conhece de seu conteúdo. É certo apenas que o texto, em dois atos, leva o leitor à loucura, condenando sua alma à perdição. Um risco a que alguns aceitam se submeter, dado o caráter único da obra, um misto irresistível de beleza e decadência.

Autor: Brad Stone
Título original: The Everything Store
Título (BR): A loja de tudo – Jeff Bezos e a era da Amazon
Editora: Intrínseca
Páginas: 400


Sinopse: A Amazon foi uma pioneira no comércio de livros pela internet e esteve à frente da primeira grande febre das pontocom. Mas Jeff Bezos, seu visionário criador, não se contentaria com uma livraria virtual descolada: ele queria que sua empresa dispusesse de uma seleção ilimitada de produtos a preços radicalmente baixos — e se tornasse “a loja de tudo”.
Com o objetivo de descortinar esse universo, o jornalista Brad Stone obteve acesso inédito a funcionários e executivos da Amazon, além de familiares e amigos de Bezos, e o resultado é um retrato detalhado da vida na gigante do comércio on-line que expõe um mundo de competitividade sem limites. Como outros precursores da tecnologia, entre eles Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zuckerberg, Bezos não cede em sua incansável busca por novos mercados, transformando o varejo da mesma forma como Henry Ford revolucionou a indústria — com uma impiedade tamanha que só se iguala à sua vontade de oferecer a melhor experiência possível ao cliente.
Autor:  Karen Harrington
Título original: Sure Signs of Crazy
Título (BR): Claros Sinais de Loucura
Editora: Intrínseca
Páginas: 256

Sinopse: Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca.
Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai tornou-se alcoólatra. Prestes a completar doze anos, Sarah sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa porque seu primeiro beijo de língua ainda não aconteceu. Tragédia e humor combinam-se de forma magistral nesta incrível história sobre a aventura que é crescer.

Autor: Lauren Beukes
Título original: The Shining Girls
Título (BR): Iluminadas
Editora: Intrínseca
Páginas: 320

Sinopse: Chicago1931. Harper Curtis, um andarilho violento, invade uma casa abandonada que esconde um segredo tão chocante quanto improvável: quem entra ali é transportado no tempo. Instigado por um comando que parece vir da própria casa, Harper persegue as “meninas iluminadas” — garotas cuidadosamente escolhidas em diferentes décadas — com o objetivo de matá-las. Voltando no tempo após cada assassinato, seus crimes são perfeitos e impossíveis de serem rastreados. Ou pelo menos é o que ele pensa.
Chicago, 1992. Kirby Mazrachi viu sua vida ser destroçada após um ataque brutal que por pouco não a levou à morte. Incapaz de esquecer tal acontecimento, Kirby investe seus esforços em encontrar o homem que tentou assassiná-la. Seu único aliado é Dan, um ex-repórter policial que cobriu seu caso e agora aparentemente está apaixonado por ela. À medida que a investigação de Kirby avança, ela descobre outros casos semelhantes ao seu — e garotas que não tiveram a mesma sorte que ela — ligados por evidências que parecem impossíveis. Mas, para alguém que deveria estar morto, impossível não significa que não tenha acontecido.

Autor: Neil Gaiman
Título original: Make Good Art
Título (BR): Faça Boa Arte
Editora: Intrínseca
Páginas: 80

Sinopse: Em maio de 2012 o autor best-seller Neil Gaiman subiu ao palco da University of the Arts na Filadélfia para fazer um discurso de formatura. Durante dezenove minutos ele dividiu com os formandos suas ideias sobre criatividade, bravura e força, encorajando os novos pintores, músicos, escritores e sonhadores a quebrar as regras, pensar de forma inovadora e, acima de tudo, FAZER BOA ARTE.






Autor: A.S.A Harrison
Título original: The Silent Wife
Título (BR): A Mulher Silenciosa 
Editora: Intrínseca
Páginas: 240

Sinopse: Jodi e Todd estão juntos há 20 anos e, aparentemente, levam uma vida invejável. Todd é um empreiteiro bem-sucedido que pode bancar alguns luxos, como o enorme apartamento com uma vista deslumbrante para o lago, um Porsche (dele) e um Audi (dela) na garagem, e o estilo de vida de Jodi. Psicoterapeuta, ela atende em casa apenas dois clientes por dia, e tem tempo de sobra para as sessões de pilates, as aulas de arranjos florais, os passeios com Freud, o golden retriever do casal, e o preparo das refeições gourmet de que tanto gosta.
Essa fachada perfeita, porém, está prestes a ruir. Todd é um adúltero incurável, e Jodi sabe disso. Ela é a esposa silenciosa, preparada para tolerar as traições do marido com o intuito de manter as aparências. Até que Todd sai de casa — para viver com uma mulher com metade da idade dela, filha de seu melhor amigo. Magoada, humilhada e, por fim, financeiramente abalada, Jodi começa a contemplar o assassinato como uma opção razoável.

Autor: Max Hastings
Título original: ?
Título (BR): Catástrofe - 1914: A Europa Vai À Guerra
Editora: Intrínseca
Páginas: 672

Sinopse: Em 1914, a Europa mergulhou num conflito sem precedentes. A Primeira Guerra Mundial desfez impérios, aniquilou dinastias e transformou toda a geopolítica do Velho Mundo, marcando de fato o início do século XX. Cem anos após a eclosão da “guerra para acabar com todas as guerras”, Max Hastings examina as causas que conduziram ao início das hostilidades e acompanha as agruras de incontáveis homens e mulheres durante os primeiros meses de luta.
Em Catástrofe — 1914: a Europa vai à guerra, Hastings relata como, após o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand, as relações diplomáticas se degeneraram e os países europeus lançaram-se numa calamidade que deixaria um saldo de milhões de mortos. O autor explora detalhes da realidade da guerra pelos olhos de estadistas, aristocratas, soldados e camponeses, oferecendo uma análise brilhante das decisões de líderes políticos e militares e pintando um retrato vívido do começo do conflito.

Autor: Cressida Cowell
Título original: How To Betray A Dragon's Hero
Título (BR): Como Trair o Herói de um Dragão 
Editora: Intrínseca
Páginas: 408
Sinopse: Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território Viking. Notável esgrimista e encantador de dragões, ele era corajoso, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo, principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado…
Soluço precisa ser coroado Rei do Oeste Mais Selvagem. Será que ele vai se livrar dos Dragões-espiões Vampiros da bruxa e conseguir as Coisas Perdidas do Rei antes do Juízo Final de Yule? E há mesmo um traidor no acampamento de Soluço que, no fim, trairá todos?

E então, pessoal? O que vocês acharam dos lançamentos de abril da Intrinseca? Eu, particularmente, amei todos, com um grau maior de paixão focado em alguns. A Mulher Silenciosa, título que há muito eu escutava falar (mas na versão original, pois ainda não havia sido lançado aqui) me deixou contentíssimo por estar na lista do mês. Fiquei super curioso para ler O Rei de Amarelo, Iluminadas e Claros Sinais de Loucura, já que os temas abordados, tão diferentes entre si, são os meus prediletos. Para aqueles que curtem livros históricos, Catástrofe é uma boa recomendação, tendo como base a credibilidade do autor. Amazon, a loja de tudo é bem interessante, visto que trás para nós, consumidores, a história por trás de uma empresa, que muitas vezes não sabemos como se deu. Para todos aqueles que estão ou sonham em entrar em uma universidade e ter uma vida brilhante, dou uma dica: leia Faça Boa Arte. Leitura obrigatória! Para terminar, temos o 11° livro da série de Cressida Cowell. Para ser sincero, nunca li nenhum dos livros dela, mas tenho um grande interesse!
Bom, pessoal... por hoje é isto! Você estava esperando algum dos livros lançados este mês? Qual? Comenta aqui em baixo, vai ser um prazer conversar com você.
See you soon ;*